O antiportuguesismo, o antilusitanismo está no próprio adn da nacionalidade brasileira – por Carlos Fino*

O desfasamento dos respetivos discursos culturais – entre Portugal e Brasil – ambos marcados pelo ressentimento, motivou o jornalista e investigador a concluir que os países irmãos estão de costas voltadas e desprezam mutuamente as suas raízes históricas. Conversámos com o autor via Zoom.

Saiba mais >