Colunistas

04/09/2019

Agrofotovoltaica: a competitividade da propriedade rural - por Carlos Dullius*

O Brasil obtem 70% da energia elétrica de fontes hídricas. Além de causar problemas ambientais, a geração de energia hídrica depende da existência de níveis hídricos mínimos e esta condição fica ameaçada nos períodos de seca. S. AHAI 1308 -

A energia fotovoltaica é a energia do sol que além de não causar passivos ambientais pode gerar economia para quem adquire a tecnologia. O Estado do Rio Grande do Sul possui uma das tarifas de energia mais caras do Brasil e assim torna a viabilidade de um sistema fotovoltaico ainda mais interessante.

No passado um dos gargalos era a obtenção de linhas de financiamento o que hoje não é mais um problema, pois muitas instituições financeiras oferecem financiamentos específicos para sistemas fotovoltaicos. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar, a ABSolar, existe outro gargalo a ser vencido que é a falta de empresas que atendem o cliente com um projeto com chave na mão, ou seja, que execute o projeto e a instalaçao e se responsabilize pela homologação do sistema junto às conecessionárias.

Segundo o Ministério de Minas e Energia 70% da energia produzida no Brasil é de fonte hídrica, porém a preocupação ambiental e o aumento dos custos da energia abrem novas perspectivas para o uso de outras fontes de energia como a eólica e principalmente a energia solar.

A energia solar é a energia obtida através do calor e da luz do sol. A luz do sol através de tecnologias pode ser convertida em energia elétrica sendo considerada uma fonte inesgotável e sustentável ao contrário das fontes de combustíveis fósseis.

A energia solar é uma fonte de energia limpa e seu aproveitamento não causa danos ao meio ambiente. O Brasil apresenta ótimas condições para o aproveitamento desta fonte de energia pelo motivo de apresentar índices altos de irradiação solar. O Rio Grande do Sul, mesmo estando localizado no sul do país, apresenta ótimos índices de irradiação solar e ocupa a segunda posição no número de conexões de energia solar fotovoltaica. O percentual de economia nas contas de energia podem chegar até 96% o que torna o investimento ainda mais atrativo.

Além disto o Rio Grande do Sul possui uma das tarifas de energia mais caras do país tornando o negócio ainda mais atrativo. Como todos sabemos o estado do RS possui o agronegócio como uma das principais atividades e este é um foco de especial atenção uma vez que o custo da energia nas propriedades rurais está cada vez mais alto e acaba sendo um fator limitante para a rentabilidade na propriedade rural. Importante ressaltar que a instalação de um sistema fotovoltaico não necessita de licenciamento ambiental e o sistema deve seguir as determinações da Resolução 687 da Annel.

Especial atenção deve ser prestada na compra do sistema fotovoltaico. Segundo a ABSolar (Associação Brasileira de Energia Solar), é importante que o consumidor escolha uma empresa que ofereça um sistema completo. Além da importância do projeto e da instalação o fornecedor deve se responsabilizar pela homologação do sistema fotovoltaico junto da concessionária. O grupo alemão Eab New Energy e sua subsidiária em Porto Alegre a Epi Energia e Investimentos possuem juntas 45 anos de expertise em projetos eólicos e fotovoltaicos. O grupo por ter sua longa experiência realiza projetos de grandes parques eólicos e usinas fotovoltaicas e por isto possui conhecimento para atender todas as áreas como residencial, industrial, comercial e rural. Para o melhor atendimento de projetos rurais o grupo alemão que também atua com grandes centros de pesquisa sendo a PUC de Porto Alegre, apresenta palestras informativas sobre a tecnologia fotovoltaica como por exemplo a Agrofotovoltaica e a competitividade da propriedade rural.

Liebe Freunde der DSG. Ich wünsche Euch alle ein schönes Wochenende. Ihr Carlos Dullius aus Estrela.



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2021 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade