DW | Mais de 1.100 médicos da Alemanha querem atuar na Ucrânia

DW | Mais de 1.100 médicos da Alemanha querem atuar na Ucrânia

Profissionais se inscreveram para ajudar no tratamento de doentes e feridos durante a guerra. Berlim coordena possível envio de equipes com autoridades de Kiev e de outros países.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.