Concerto Série Magis

  E as celebrações nos 18 anos de trajetória da ORQUESTRA UNISINOS ANCHIETA não param! Uma noite inteiramente voltada para homenagear grandes talentos da música de concerto e suas obras para a contemporaneidade!
            Na série Concertos MAGIS, sábado, 27 de setembro às 20 horas no novíssimo teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa na Capital gaúcha (Av. Independência, 75) é convidado um dos mais atuantes e elogiados flautistas brasileiros, ARTUR ELIAS CARNEIRO – leia resumo biográfico anexo.

A virtuosidade do musicista convidado, num dos instrumentos de sopros mais antigos da história (conta-se que o instrumento que originou a flauta já existia 60 mil anos antes de Cristo), é destaque nas interpretações do compositor francês Gabriel Fauré (1845-1924) – esse ano lembrado pelos 90 anos de sua morte – em Fantasia para Flauta (com orquestração de Y. Talmi) e ainda em Fantasia sobre La Traviata, do também francês Paul Agricole Génin (1831-1903) e do italiano Giuseppe Verdi (1813-1901) – orquestrada pelo próprio Artur Elias Carneiro.

            Figuram ainda do programa, sob a regência e direção artística de EVANDRO MATTÉ, os quatro movimentos de Simples Sinfonia, composta pelo britânico Edward Benjamin Britten (1913-1976), e os três movimentos de Seranata para Cordas do inglês Edward Elgar (1857-1934) – em 2014 lembrado por seus 80 anos de morte.

            Os patrocinadores da Orquestra Unisinos Anchieta são as empresas Stihl, BettaninLojas Renner e Bradesco Seguros, com apoio especial de Get Net, Badesul DesenvolvimentoGoverno do Estado do Rio Grande do SulBergeraultHSS InformáticaImpressos Portão eCentro Histórico-Cultural Santa Casa. O projeto cultural, numa realização conjunta de Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS eColégio Anchieta, é financiado pela Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal do Brasil – MinC.

 

Site: www.unisinos.br/orquestra

Leia, abaixo, resumos biográficos

 

Rodrigo Cardoso

SINGULAR DIVULGAÇÃO

(51) 3225.9433 |  (51) 8116.2696

singularprod@terra.com.br

 

ARTUR ELIAS CARNEIRO tornou-se 1º flautista da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre aos 19 anos. Premiado em vários concursos nacionais. Numerosos recitais e concertos como solista à frente de várias orquestras brasileiras. Intensa atividade como camerista. Egresso da Escola de Música da OSPA, graduou-se pelo Instituto de Artes da UFRGS, e aprofundou seus estudos musicais em Stuttgart, Alemanha, onde viveu por quase três anos.

Percorre com naturalidade terrenos tão diversos como a música de vanguarda, a música barroca (interpretada com instrumentos de época), e a música popular sul-americana. Camerista nato, fundou diversos ensembles que marcaram a vida musical do RS nos últimos vinte anos: Duo Porto Alegre, Trio Tonus, Duo Diálogos, Collegium Musicum, Capela Instrumentale, Quarteto Instrumental, Ensemble Gnattali, entre outros.

Indicado ao Prêmio Açorianos 2005, categoria Melhor Instrumentista. Com apoio do MinC, apresentou-se em turnê com o Ensemble Gnattali na Alemanha e Suíça em 2010. É colaborador freqüente do Studio Clio, onde tem realizado diversos projetos de música de câmara, música antiga, e integração com outras artes.

 

ORQUESTRA UNISINOS ANCHIETA

Fundada em 1996, pelo maestro José Pedro Boéssio a orquestra realiza uma programação artística diversificada, atendendo a diferentes perfis de público e buscando a renovação de ideias, abordagens, leituras, além de promover associações inesperadas pela música de concerto, contemporânea e popular. A proposta é ir além da simples oferta de apresentação da orquestra. O projeto segue conceito de empreendimento cultural: garantir o acesso não apenas à música de concerto, mas a outras linguagens vinculadas às raízes musicais brasileiras e ao repertório de importantes compositores populares. A configuração original da orquestra é composta por instrumentos de cordas. Contudo, o conjunto se adapta às necessidades de cada espetáculo, convidando músicos das outras famílias de instrumentos. Vencedora do Prêmio Açoriano de Música, em 2005 a orquestra entrega ao público o diferencial de espetáculos com inclusão de outras linguagens cênicas, tais como teatro, dança e artes plásticas. A Direção Artística e Regência dos concertos estão sob a responsabilidade de Evandro Matté.

 

EVANDRO MATTÉ – Regente e Diretor Artístico da Orquestra Unisinos

Coordenador Cultural da Unisinos e do Projeto social Vida com Arte, é Diretor Artístico e Regente da Orquestra Unisinos e professor de graduação em Gestão Cultural.  Músico da OSPA desde 1990, foi Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo. Graduado em música pela UFRGS, é especialista pelo Conservatoire de Bordeaux (França). Realizou curso de aperfeiçoamento na University of Georgia (EUA) e participou do Festival de Verão para jovens regentes do Conservatorie de Bordeaux (FRA). Atuou como músico da Orquestra da PUC de 1990 à 2004 e da Orquestra SCM (atual Orquestra da UCS) de 1998 a 2000. Como professor, participou dos Festivais de Música de Maringá (PR), Montenegro (RS), Caxias do Sul (RS), Festival de Inverno Unisinos, Verões Musicais (Gramado), Encontro Internacional de Metais de Tatuí (SP) e Semana Acadêmica da UFSM (Universidade Federal de Santa Maria). Foi docente da UPF (Universidade de Passo Fundo).  É especialista em Gestão Empresarial e Diretor Artístico do Festival Internacional SESC de Música.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *