Projeto Famílias Brasileiras de Origem Germânica

Até 1989, a publicação teve sete edições e reuniu dados de mais de 1.700 famílias. O seu oitavo volume foi produzido somente em 2011 com os dados de 99 famílias da cidade de São Paulo.

O Instituto pretende manter a publicação regularmente e para isso depende também do fornecimento de dados e da colaboração dos imigrantes e seus descendentes. Pessoas que desejem disponibilizar seus dados podem se inscrever através do site do Instituto, onde também estão disponíveis para download as edições do projeto produzidas até hoje.

Conheça: http://migre.me/lHXoX

Sobre o Instituto:
O Arquivo de Imigração Alemã do Instituto Martius Staden reúne mais de 200.000 documentos históricos entre mapas, cerca de 100 diários, aproximadamente 1.800 cartas pessoais e outras correspondências, recortes de jornal, notas de falecimento/nascimento/casamento, passaportes, boletins, fotografias, além de 15.000 referências bibliográficas. 
A maior parte da documentação está informatizada e pode ser consultada através do catálogo online. Saiba mais: http://migre.me/lyPIl

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *