Edilberto Hammes lança novo livro sobre imigração alemã na Metade Sul do Rio Grande do Sul

Sob o  título “A Imigração Alemã para São Lourenço do Sul – De sua formação aos primeiros anos após seu Sesquicentenário” estará à disposição dos leitores, ainda dentro deste mês de julho, o livro mais completo escrito até hoje sobre uma das maiores colônias germânicas do país, ainda pouco conhecida, basicamente formada por imigrantes nascidos na Pomerânia Oriental e a única que se desenvolveu, a partir de 1858, na metade sul do estado gaúcho. A pujança desses imigrantes e de seus descendentes impulsionou o desenvolvimento econômico que alavancou a emancipação, em 1884, do município de Nossa Senhora da Conceição do Boqueirão (desmembrado de Pelotas) e, seis anos mais tarde – ao ser transferida em 1890 a sede desse município para a vila do porto junto à Lagoa dos Patos – no município de São Lourenço (que receberia a complementação “do Sul” apenas em 1944).

Fartamente ilustrado com fotografias e mapas, o livro conta tanto os fatos tradicionais já narrados em literaturas passadas clássicas, como traz novas revelações inéditas sobre diversas nuanças no desenvolvimento de sua colônia e novos conhecimentos e biografias sobre as pessoas de origem teuta que fizeram sua história.

Com 734 páginas, estará à venda a partir do dia 21 de julho, por R$ 59,00, nas livrarias de São Lourenço do Sul (Livraria Laguna e Livros & Cia), também na Livraria Herrmann de Porto Alegre, e está sendo negociada sua comercialização em livrarias de Pelotas.

Hammes já escreveu em 2010 a obra-referência “São Lourenço do Sul – Radiografia de um Município – Das origens ao ano 2000” com mais de duas mil páginas, em quatro volumes, cuja edição, um sucesso, esgotou em cerca de um ano e meio. Ela foi doada a todas as escolas municipais e a inúmeras bibliotecas e universidades gaúchas e do país. Em 2012 o autor lourenciano lançou mais um livro sobre seus antepassados: “Os imigrantes Hammes para São Lourenço e seus descendentes”. E agora este específico sobre a colônia alemã de seu município natal, onde vive e atua como médico há quase 45 anos.

O livro foi escrito como contribuição do autor, lourenciano de nascimento, e do município de São Lourenço do Sul às comemorações dos 190 Anos da Imigração Alemã para o Brasil, que têm seu ápice neste mês de julho, contendo a saudação oficial do prefeito de São Lourenço do Sul, José Daniel Raupp Martins, e o prefácio do vice-governador do Rio Grande do Sul e colega de profissão, Beto Grill.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *