São Leopoldo, RS, berço da imigração alemã no Brasil

Além da própria Prefeitura, com sua comissão oficial e cinco subcomissões, da Associação Comercial e Industrial de São Leopoldo, do Instituto São Leopoldo 2024, do Museu Histórico de São Leopoldo, também outras entidades, como a própria Unisinos, estão programando eventos para comemorar a data.

Por sua vez, o Sínodo Rio dos Sinos/IECLB, a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de São Leopoldo, o Instituto Rio Branco, o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo, a Rotermund S. A. e a Editora Oikos promovem um ciclo de quatro palestras nos meses de maio e julho com os seguintes temas:
– Wilhelm Rotermund e os 190 Anos de luteranismo no Brasil, no dia sete de maio;
– 190 anos de imigração alemã no RS: esquecimentos e lembranças, no dia 16 de julho;
– Luteranos, Escravos e Indígenas e os 190 anos de imigração alemã, no dia 21 de julho; e
– 140 Anos do massacre de Luteranos no Ferrabraz, no dia 30 de julho.

Local das palestras: Salão Comunitário da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em São Leopoldo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *