Orquestra de Brasília encerra ‘500 anos de música alemã’ nesta terça

 
Músicos da Orquestra Sinfônica de Brasília sob regência do maestro Cláudio Cohen (Foto: Alan Moreira/Divulgação)
Músicos da Orquestra Sinfônica de Brasília sob regência do maestro Cláudio Cohen (Foto: Alan Moreira/Divulgação)

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro encerra o festival “500 Anos de Música Alemã”, a série de concertos em homenagem à “Temporada da Alemanha no Brasil”, em apresentação nesta terça-feira (6). O evento acontece no Teatro Pedro Calmon, a partir das 20h, e a entrada é franca.

O concerto terá regência do maestro Cláudio Cohen e terá participação especial do violoncelista alemão Julian Steckel, no “Cello concerto em lá maior, opus 129”, de Schumann. A programação também prevê a execução da “Abertura de Oberon”, de Carl Maria von Weber, e “Sinfonia Nº 3 “Eroica”, de Beethoven.

O violoncelista Julian Steckel, de 32 anos, é filho de músicos e começou a tocar o instrumento aos 5 anos. Vencedor de competições internacionais como o “Grand Prix Rostropovich”, de Paris, “Grand Prix Emanuel Feuermann”, de Berlim, e do clássico prêmio “Echo”.

No currículo, o músico traz também as participações em concertos com as orquestras Sinfônica de Rádio Berlim, Sinfônica de Rádio Varsóvia, a Royal Philharmonic Orchestra London, a Orquestra de Paris, a Kremerata Baltica, a Orquestra Filarmônica de São Petersburgo e a Orquestra de Câmara Franz Liszt de Budapeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *