Wines of Brasil na ProWein em Düsseldorf

Será entre os dias 23 e 25 deste mês, quando o setor será representado na feira realizada em Düsseldorf com 11 vinícolas já com uma série de reuniões agendadas com representantes e importadores de renome na Europa. Além da apresentação de produtos no estande coletivo e das degustações dirigidas realizadas na Discovery Table, será realizada uma Master Class para imprensa, especialistas e trade no dia de abertura da feira com o jornalista Jürgen Mathaess, responsável por monitorar as novidades da América do Sul para a respeitada revista alemã Meninger. A identidade visual do espaço seguirá a linha da campanha para o Exterior Wake Up the Brazilian in You (Acorde a Brasilidade em Você) que apresenta ícones brasileiros. As figuras descrevem situações como o futebol, o carnaval e a própria descoberta do vinho, mostrando a contribuição do Brasil nessas questões. Vinícola brasileiras que participarão da ProWein 2014: Miolo, Basso, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Domno do Brasil, Lídio Carraro, Pizzato, ViniBrasil, Aurora, Valduga, Perini e Salton.

A feira ProWein de vinhos

A ProWein é uma das mais importantes feiras mundiais especializada em vinhos e bebidas finas. Nos 20 anos de realização o número de expositores cresceu 15 vezes e o de visitantes é 30 vezes maior. Em 2014, serão mais de 4,7 mil expositores, de 50 países. A expectativa é superar os 45 mil visitantes recebidos na edição do ano passado. Já a produção doméstica de vinhos alemães é de cerca de 9 milhões de hectolitros, o país é o maior importador de vinhos no mundo, seu consumo per capita de vinho é de 21,5 litros e de espumante de 4,7 litros. O vinho representa um terço das bebidas alcoólicas consumidas na Alemanha.

Missão técnica em Portugal

Aproveitando a viagem para a Europa, para participar da alemã ProWein, 10 empresários do setor estarão em missão técnica circulando pelas áreas vitivinícolas portuguesas do Douro e do Porto. Esta etapa tem foco nas inovações e informações de caráter produtivo. Já durante a ProWein, o grupo circulará pela feira com um olhar voltado para questões mercadológicas e comerciais. As missões técnicas têm grande importância para fomentar a cultura exportadora das vinícolas brasileiras e também para apresentar padrões internacionais de produção e comercialização aos empresários. Boa parte do grupo da missão técnica faz parte do Projeto Primeira Exportação (PPE).

Fonte: Jorn. Affonso Ritter – newsletter 20 03 2014
Site: www.AffonsoRitter.com.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *