Exposição revela curiosidades do batismo

A exposição “Sacro – Memórias do Batismo” desvenda o rito de iniciação no cristianismo. A coletânea de objetos, artigos do vestuário e documentos pode ser visitada até 23 de junho no Museu de Hábitos e Costumes (Rua XV de Novembro, 25, Centro). A mostra aberta na manhã de quarta-feira, dia 12 de março, é um registro do ritual preservado nas mais diversas correntes cristãs. Os itens fazem parte do acervo dos museus de Hábitos e Costumes e da Família Colonial. Parte dos vestidos e elementos que compõem a mostra foram cedidos pela senhora Ellen Vollmer.

 A solenidade de abertura da exposição contou com a presença do presidente da Fundação Cultural, Sylvio Zimmermann Neto, do diácono da Catedral São Paulo Apóstolo, Humberto do Nascimento, do pastor luterano da Paróquia Blumenau Centro, Gilson Ricardo Hoepfner, servidores entre outros convidados. Gilson lembrou do primeiro batizado da história blumenauense, ainda na época da colonização. A cerimônia ocorreu no navio Caroline, em 1857, e envolveu crianças da família Wehmuth. Outros colonizadores recém-chegados ao Vale, pertencente às famílias Schneider e Hadlich batizaram seus filhos logo depois, no mesmo ano.

(Foto Sérgio Antonello)

Saiba mais

 

O que: exposição Sacro – Memórias do Batismo

Período: até 23 de junho

Visitas: terças-feiras a domingos, das 10h às 16h

Local: Museu de Hábitos e Costumes

Período da exposição: até 23 de junho

Ingresso: R$ 3,00 (inteira), R$ 1,50 (estudantes), acima de 60 anos e crianças até 8 anos, entrada gratuita

 

 

Fonte: Marcella Borel, museóloga, FCB (47 3381-7516 / 3381-7979)

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello (47 3381-6190 / 8814-0716 / 9977-9689) 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *