Concerto para Orquestra de Cordas estreia neste domingo

A composição e o autor

Colling,  que integra o elenco de músicos da Orquestra Fundarte,  não esconde a alegria de ver a sua peça estreando com a orquestra na qual teve sua primeira experiência como músico profissional, além de que, segundo ele,  é um fato raro obras de compositores vivos serem executadas pelas orquestras. “Concluir uma peça após meses de trabalho é uma satisfação, e o próprio processo tem seus prazeres, mas a música só existe mesmo no momento que ganha intérpretes e ouvintes, só nesse momento o processo se completa realmente”, afirma o jovem compositor.

O maestro Borges-Cunha diz que o Concerto para Orquestra de Cordas é uma composição de grande porte pela dimensão e conteúdo expressivo.  “São quatro movimentos que sugerem e projetam diferentes realidades emocionais, explica o maestro”.

Foto Cláudio Etges

Orquestra de Câmara Fundarte


O concerto

Canções Judaicas, obras de Piazzolla e Bach completam o programa que terá como solista Giovani dos Santos, na interpretação do Concerto para Violino em Lá menor, de J. S. Bach, e também contará com a participação de Henrique Sinovetz (voz).

                       

Com realização da Associação Amigos da Fundarte e da União Israelita Porto-Alegrense,  o concerto será apresentado com entrada franca.

 

 

Programa

 

Johann Sebastian Bach (1685 – 1507)

         Concerto para Violino em Lá menor

         Allegro

                Andante

                Allegro assai                                        Duração: 15’

           

            Solista: Giovani dos Santos

 

Jeferson Colling

            Concerto para Orquestra de Cordas (estreia)

            Largo

                Allegro agitato

                Lento

                Vivace                                                  Duração: 20’      

 

Astor Piazzolla (1921 – 1992)    

                        Calambre                    Duração: 2’43”

                        Fuga y Misterio             Duração: 3’16”

                       La Muerte del Angel        Duração: 3’11”

                         Arranjos: José Bragato

 

Canções Judaicas

                        Im Eshkachech                       Duração: 7’52”

                        Adon Olam                             Duração: 3’.16”

                        Boi Veshalom                          Duração: 7’.01”

                        Arranjos e piano: Michel Dorfman

 

                        Henrique Sinovetz, voz

 

Regente: Antônio Borges-Cunha

 

 

 

Orquestra de Câmara Fundarte

Agraciada com o Prêmio Líderes&Vencedores 2011-Expressão Cultural, iniciou suas atividades em março de 1996 como Orquestra SESI/Fundarte, a partir da parceria entre o Serviço Social da Indústria – SESI/RS e a Fundação Municipal de Artes de Montenegro – FUNDARTE, com os objetivos de contribuir para a educação e o crescimento cultural do Rio Grande do Sul, abrir mercado de trabalho para músicos jovens com capacitação profissional e levar a música orquestral para as populações da Capital e das cidades do interior do Estado, abrangendo todas as camadas sociais e faixas etárias. É formada por 15 músicos, tendo como regente titular o compositor e maestro Antônio Borges-Cunha e, como diretora executiva, a professora Therezinha Petry Cardona. Seleciona, anualmente, jovens de até 24 anos para serem solistas nos concertos agendados. Nesses 17 anos de atividades, realizou 633 concertos em 100 cidades do Estado, atingindo diretamente um público aproximado de 280 mil pessoas. Em 2013 tem agenda prevista de mais de 50 concertos.

 

Antônio Borges-Cunha

É orientador do Programa de Pós-Graduação em Música da UFRGS, diretor artístico da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro e regente titular da Orquestra de Câmara Fundarte.  Borges-Cunha esteve na Alemanha, Estados Unidos, Canadá e Uruguai para apresentações de suas composições. Seu Concerto para Viola e Orquestra foi o objeto de pesquisa da Tese de Doutorado defendida por Ricardo Kubala na UNICAMP. Em 2010 recebeu o Prêmio Funarte de Composição com Maxakali, obra estreada pelo Orquestra Petrobras Sinfônica em 2011.

Como regente, Borges-Cunha tem contribuído para a atualização repertorio. Sua programação de concertos busca conciliar o repertório histórico com as múltiplas tendências da musica atual, incluindo encomendas e estreias de obras.  A superação das fronteiras entre a música de concerto e a música popular tem sido outra característica de sua atuação.

Antônio Borges-Cunha recebeu duas vezes o Prêmio Açorianos  de Música da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre.  Em 2010 foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, recebendo a Medalha do Mérito Farroupilha.

Em setembro de 2013 é o compositor homenageado pela Universidade Estadual de Minas Gerais na programação do VI Seminário de Música Brasileira com um concerto dedicado à suas composições.

 

Jeferson Colling

Iniciou o estudo do violino em 1999, com a professora Alexa Lang, em Novo Hamburgo, no ano seguinte passou a ter aulas com o prof. Mauro Gomes em São Leopoldo. Participou do Projeto Sinos Acorda, da Universidade do Vale dos Rio do Sinos-Unisinos, e da Extenção em Música da UFRGS, instituição onde depois veio a se formar bacharel em música,  na classe de violino do prof. Fredi Gerling. Nos últimos anos tem feito aulas de violino regulares com o prof. Paulo Bosísio e atua como violinista na Orquestra de Câmara Fundarte e Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, além de ser professor de violino no Recitatus Centro de Arte. Paralelamente ao seu trabalho como instrumentista tem se dedicado ao estudo de composição, tendo como orientador Vagner Cunha, e também desenvolve um projeto de música eletrônica experimental, o Hoi Polloi.

 

 

Orquestra de Câmara Fundarte

Dia 10 de novembro – 18h – entrada franca

Sinagoga da União Israelita Porto-Alegrense

Rua  Dr. Barros Cassal,  750

Telefone: (51)  3311.6515

Programa: Johann Sebastian Bach, Jeferson Colling, Ástor Piazzolla e Canções Judaicas

Regente: Antônio Borges-Cunha

Solista: Giovani dos Santos, violino

Participação: Henrique Sinovetz, voz

 

Informações

Telefone: (51)  3311.6515

 

 

Assessoria de Imprensa

Dinorah Araújo

Jornalista – MTb 5704

Telefones: (51) 3311.6677 e 9964.5492

E-mail: dinorah@cpovo.net

Skype: mdatuar

Facebook.com/dinoraharaujo.7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *