A animação do desfile da Oktoberfest dentro do Parque Vila Germânica

De dentro do setor 2 do Parque Vila Germânica uma banda começou a tocar, mas o som não surgia de cima do palco. Surgia do meio do povo, onde logo se aglomerou uma multidão de curiosos para ver de perto o que estava acontecendo.

 

Entre as pessoas logo surgiram as bandeiras do Brasil e da Alemanha. Logo atrás delas, as maiores beldades da festa, Rainha e Princesas da 30ª Oktoberfest, que logo foram fortemente aplaudidas enquanto desfilavam por entre os oktoberfesteiros. Após a realeza, o Vovô e a Vovó Chopão eram acompanhados dos brinquedos da Planetapéia, e arrancaram sorrisos do público, que se divertia com engenhocas tão diferentes. Um dos carros traz uma espécie de roda gigante onde duas crianças giravam às gargalhadas.

 

Às gargalhadas também estavam os visitantes da festa, que acompanhavam o desfile. A banda da Escola Básica Municipal Almirante Tamandaré apresentou músicas tradicionais da cultura germânica, e abriu espaço para um novo carro que imitava um avião. Ele era seguido por grupos folclóricos apresentando suas danças típicas e os tulipeiros do chope em metro, tão aguardados pelo público. No total, cerca de 70 pessoas participaram desta versão reduzida do desfile, que percorreu todos os setores da Vila Germânica, inclusive visitando a Praça de Alimentação e o Biergarten, na área externa.

 

Chope em metro

Depois de terminado o desfile, o público ainda se divertiu com o som das bandas que animaram a noite. Às 21h45 teve início o Concurso de Chope em Metro, que definiu os bebedores mais rápidos de uma tulipa de um metro, contendo 600ml de chope sem álcool. Além dos tradicionais competidores dos naipes masculino e feminino, neste dia também foi realizada a competição entre os membros dos grupos de Stammtisch, que só teve uma participante classificada, no naipe feminino. Confira os vencedores:

 

Masculino:

  1. Gilmar R. Schafel (Blumenau/SC) – 18’66
  2. Marcos Braga de Fonseca (São Paulo/SP) – 39,00

 

Feminino:

  1. Thalita AlcantraArika (Belo Horizonte/MG) – 21,40
  2. Joia Helena Fischer (Blumenau/SC) – 48’35
  3. Kethy Cristina Spengler (Blumenau/SC) – 58’87

 

Edição Especial Stammtisch:

  1. Daniela Spader (Gaspar/SC) – 41’03

 

Fonte: Taíse Schlosser, comissão organizadora dos desfiles (3381-7700)

Gerente de Jornalismo: Fábio Ricardo (9116-4609)

 

 

Venda de ingressos online e controle de público garantem tranquilidade

 

Quem já participou das edições anteriores da Oktoberfest ainda guarda na lembrança as filas formadas na Alberto Stein para a compra das entradas. Nesta edição, a situação é bem diferente. Segundo o secretário de Turismo do município, Ricardo Stodieck, as vendas antecipadas pela internet são um sucesso, eliminando praticamente as filas vistas em anos anteriores. "As vendas online são responsáveis por cerca de 30% das vendas. Estamos sem filas para compra de ingressos", explica. Apenas nos horários de pico de entrada dos principais dias em termos de público, existem algumas filas que se formam na hora de passar pelas catracas, mas que logo se solucionam pela diminuição do fluxo de visitantes.

 

Além do fim das filas, a compra dos ingressos pela internet também garante a entrada segura para a festa. Isso porque o controle do número de pessoas que participam na Oktoberfest deste ano dentro dos pavilhões do Parque Vila Germânica está sendo levado a sério pela organização do evento. Nesta edição, a festa conta uma central de monitoramento em tempo real para o controle do número de pessoas que participam do evento.

 

A medida atende ao Termo de Ajustamento de Conduta assinado neste ano entre o Ministério Público do Estado, Parque Vila Germânica, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros para um público máximo de 37.704 pessoas dentro do Parque ao mesmo tempo, como foco de prevenção e segurança, sem contar o número de trabalhadores no evento.

 

A central trabalha em duas etapas distintas. Ligados eletronicamente às catracas, os equipamentos registram o número de pessoas que entraram durante o dia no Parque. O controle seguinte ocorre a partir das 19h, quando inicia oficialmente a festa. O monitoramento é feito em tempo real, mostrando na tela do computador o número de pessoas que estão dentro do parque ao mesmo tempo, além do número de pessoas que participaram da festa desde o primeiro dia.

 

Controle
Acima de 30 mil pessoas, a cor amarela registra a quantidade de pessoas que estão dentro do Parque, informando que a fiscalização deve ficar em estado de atenção em função do aumento no volume de participantes. Com um público de aproximadamente 35 mil pessoas, a cor  laranja toma conta do sistema na tela do computador, reforçando que a prioridade agora é o controle mais organizado e dinâmico do número de pessoas.

 

Ultrapassando os 40 mil (contando os trabalhadores), o sistema impede que os ingressos sejam impressos nas bilheterias, evitando que o público exceda o pacto tratado com o Ministério Público do Estado para garantir a segunda dos próprios foliões. O sistema então passa a operar em vigilância, com o controle da vazão de pessoas, permitindo então que outras pessoas acessem a festa à medida que outras pessoas vão saindo.Nesta edição, duas empresas foram contratadas: a Blueticket, responsável pelos ingressos e a Planet Acesso, que está encarregada das credenciais e também pela catraca.

 

Fonte: Marcelo Schrubbe, presidente da comissão de segurança (91473639)
Assessor de Comunicação: Joni César (9977-9837)

 

 

 

Público pode conhecer Blumenau por outro ângulo na 30ª Oktoberfest

 

Um voo panorâmico de helicóptero é mais uma das opções que os visitantes têm na 30ª edição da Oktoberfest. Com rotas com preços que partem dos R$ 80,00, o passeio tem trajeto na área central de Blumenau, com duração mínima de quatro minutos. Além disso, esta é a primeira edição da maior festa alemã brasileira que conta com táxi-aéreo de helicópteros, disponibilizados de acordo com a necessidade exclusiva de cada cliente.

 

Os voos panorâmicos partem do Parque Ramiro Ruediger e funcionam entre a quinta-feira e o domingo, das 9h às 17h30. O espaço no Parque é isolado, também a fim de garantir a segurança dos seus frequentadores. Até agora, segundo Patrick Agustini, gestor da Helitáxi, empresa realizadora do projeto, já foram feitos vários voos, principalmente no domingo, dia 6 de outubro. Para que o passeio seja viabilizado, é necessário que se forme um grupo de três pessoas.

 

Já o táxi-aéreo funciona diariamente, do primeiro ao último dia de Oktoberfest, entre as 8h e às 18h. O helicóptero fica à disposição para buscas nos aeroportos de Navegantes e de Florianópolis, e ainda com a possibilidade de ir até outros locais específicos que permitam pouso e decolagem. Este serviço depende de horário previamente agendado, e o contato pode ser feito através do e-mail sac@voehelitaxi.com.br ou pelo telefone (048) 3029-8910.

 

Fonte: Patrick Agustini, gestor da Helitáxi (48 3029-8910);

Assessora de Comunicação: Andressa Scaburri (9968-9871)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *