Tradição da Maibaum fstejada em Guabiruba, SC

                        “Maio é um mês bastante significativo para a Alemanha, pois marca o início do verão. Além de dar boas vindas a nova estação, a Maibaum demostra a união entre as pessoas, já que para erguê-la é necessário o trabalho de muitos”.

            Para a segunda edição, houve algumas alterações. A árvore mediu 17 metros, foi mais robusta e contou com placas maiores. A novidade é que elas foram duplas, podendo assim serem visualizadas tanto por quem entra na cidade, quando por quem sai a partir da Rua Guabiruba Sul. A iluminação também foi melhorada e duplicada.

Tudo para dar um brilho ainda maior, aquela que por mais 5 anos permanecerá como um dos cartões postais de Guabiruba.

Este projeto foi mais uma realização da AACSP (Associação Artístico Cultural São Pedro), com a ajuda do grupo ATZ (Alle Tanzen Zusammen) e convidados, e tem a coordenação de Fabiano Siegel e Vandrigo Kohler.

Todo o projeto é financiando por empresas da cidade e amigas da cultura.

A  árvore saiu em cortejo da sede da associação na Rua Brusque, n°356 às 8h e seguiu até a rótula de intersecção da Rua Imigrantes com a Rua Brusque. Lá um grupo de voluntários utilizando de sistema de andorinhas, a levantou de modo manual, sem auxílio de qualquer equipamento ou guindaste.

Foi uma festa alegre e tipicamente alemã, com música ao vivo, chope artesanal e um cachorro quente especial.
 

Histórico

Desde o século XVIII, a Maibaum representa para as comunidades um símbolo de organização e união, principalmente porque, para haver êxito em sua colocação isto é de suma importância. Existe um provérbio que diz: A Maibaum é o testemunho de que a união da comunidade esta bem visivelmente afixada.

Após a segunda Guerra, a Maibaum se tornou parte integrante permanente de muitas comunidades e cidades, com destaques às da Baviera, Baden e o oeste da Alemanha. Segundo costumes tradicionais, realiza-se um desafio entre os povoados vizinhos. Este está diretamente relacionado ao tamanho e à beleza da “árvore”.

Desde os tempos antigos, a Maibaum é um símbolo para o comércio, artesanato, comidas locais e famílias. Isso porque elas carregam os símbolos das corporações profissionais regionais, mais especificamente, dos artesãos, e famílias importantes da cidade. De acordo com as riquezas da comunidade, estas placas-símbolos são mais ou menos ricamente confeccionadas. Tudo é permitido, desde simples placas pintadas, passando por esculturas em madeira, até magníficos relevos. São os artesãos locais, obviamente, que se incumbem deste trabalho.

As Maibäume são geralmente colocadas em entradas de cidades em locais abertos.

A própria Maibaum é um mastro de madeira que diminui seu diâmetro para cima. Esta é praticamente sempre pintada de branco e azul em forma espiral.

Comumente as Maibäume sempre são erguidas a cada cinco anos, e é obrigatório ser no primeiro dia de Maio.

A nova Maibaum deverá ser colhida no ano anterior, ser preparada com as podas dos galhos, deixando-a secar em local seguro, para então ser pintada com as conhecidas listras brancas e azuis. Em seguida inicia-se os trabalhos de retirada das medidas para o feitio das placas-símbolo, feito pelo Zünfte (artesão).

Ela é erguida no primeiro dia de maio como já mencionado, e neste dia precisa-se de muitas pessoas para trazer a árvore na posição vertical. Segundo a tradição, não se pode de maneira alguma utilizar qualquer auxilio de máquinas. A colocação acontece com o auxilio de duas estacas chamadas localmente de “Schwaiberl”, ou seja, andorinhas. Este nome provavelmente provém do fato das duas estacas, quando pressionadas contra a Maibaum, se assemelham ao rabo de uma andorinha. A parte superior da Schwaiberl é unida com cordas firmemente amarradas, e então são pressionadas contra a Maibaum erguendo-a. E não é incomum que se passem horas para que a árvore esteja completamente de pé.

Características da Maibaum

Com a Maibaum erguida, são colocados os ornamentos tais como:

– galinho do tempo (wetterhahn), no topo da árvore;

– Placas-símbolos, representando as associações, famílias, profissionais e empresas (Zunfttafeln);

– Bandeiras da Cidade e do País;

– Arco de festão

– Placa explicativa e comemorativa ao Maibaum;

Fabiano Siegel

47 92111867

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *