Grupo Cultural Som Legal desenvolve projeto aprovado por Secretaria de Cultura

O projeto pretende realizar a pesquisa e o registro de memória, utilizando a mídia livro com cd de áudio, sobre a trajetória da Família Schneider, que há várias gerações repassa a tradição cultural da música de pais para filhos. O conteúdo será bilíngue: português e alemão.

Fotos Divulgação

Grupo The Schneider's é presença constante na "Maifest"…

O trabalho será desenvolvido Dentro da área e segmento  “Música”, Com a finalidade de "Apoio ao Registro e à Memória", registrando informações sobre processos e bens culturais relevantes, em mídia diferenciada, com o objetivo de preservá-los e torná-los disponíveis à consulta e à fruição.

…e na "Brooklinfest" em São Paulo

A curiosa história de uma família, que há seis gerações nascidas no Rio Grande do Sul mantém a música em uma posição importante no seu cotidiano, inspira a elaboração deste projeto cultural. Elementos que serão buscados em relatos, em pesquisas de campo e na própria trajetória musical da Família Schneider, pretendem ser recuperados e formatados neste trabalho, para trazer, a partir de um olhar interpretativo, considerações sobre a importância de valores, como a perseverança, o trabalho, o apego às tradições culturais. A partir do saber técnico, pretende-se contribuir com a sociedade, realizando um importante registro histórico-cultural.

 Será utilizada a mídia LIVRO COM CD DE ÁUDIO:

– Livro para registro da biografia da família, contemplando aspectos artísticos, históricos e culturais (o conteúdo será bilíngue: Português e Alemão);

– CD para registro de repertório autoral, embasado na formação e na genealogia da família (originária da Alemanha, radicada no Rio Grande do Sul, no Sul do Brasil), recebendo todas estas influências da música alemã, da música do Rio Grande do Sul e da música Brasileira. A execução das gravações estará a cargo do trio The Schneider´s.

O cenário central para a realização de todas as atividades do projeto será a cidade de Quinze de Novembro, situada sobre uma linha imaginária entre Cruz Alta e Soledade, no centro-norte do RS.

O trabalho será desenvolvido em um período de até 10  meses, contados da data de assinatura do contrato, devendo estar concluído em 31 de dezembro de 2013.

A história musical da família foi objeto  de um Rádio Documentário (“Como nossos Pais: Uma Viagem pelas seis gerações de Músicos da Família Schneider” formulado por acadêmica e apresentado no XIII Congresso de Ciências da Comunicação Região Sul – INTERCOM na cidade de Chapecó, SC (http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sul2012/expocom/EX30-0758-1.pdf ). A chegada ao Rio Grande do Sul ocorreu em 1847 através do casal Georg Schneider e Katharina Kurz, oriundos do distrito de Rhein-Hunsrück, no estado da Renânia-Palatinado, Sudoeste da Alemanha, próximo à França.

A partir da primeira geração nascida no estado do Rio Grande do Sul, somada à profissão do próprio imigrante – Chorleiter (maestro) – efetivamente a música tem sido uma tradição repassada de pai para filho. Neste sentido, a tarefa de coletar provas documentais e reforçar a pesquisa histórica será realizada pelo trio THE SCHNEIDER´S, que reúne músicos da quinta e sexta geração nascidos no Rio Grande do Sul, assessorados por músicos convidados que fazem parte da família e de seu vasto círculo de amizade. Segundo Volnei Schneider, líder do grupo familiar, "tudo isso é muito relevante, no sentido de transformar a pesquisa da origem até a sexta geração nascida no RS, retratando o trajeto, e a preservação da cultura de geração a geração, valorizando a família através da música, para obtermos o produto final: o livro com CD".

 A Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), por meio da Diretoria de Economia da Cultura, emitiu em 2012 o edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) destinado à sociedade civil. O edital foi dividido nas áreas de Apoio à Criação e Produção, com projetos compreendidos desde a criação até a elaboração de bens culturais; Apoio ao Registro e à Memória, que visa o registro de informações sobre processos e bens culturais relevantes, em qualquer mídia; Apoio à Difusão e à Circulação, para projetos que divulgam e fazem circular no Estado bens e serviços culturais já produzidos e prontos para fruição; Apoio à Programação em Espaços Culturais, destinado a programações culturais a serem desenvolvidas regularmente por pelo menos 4 meses, em espaços públicos ou privados; e Indicadores, Informação e Qualificação, com atividades que possibilitam a pesquisa, o mapeamento e a construção de indicadores culturais, bem como a criação de condições para a capacitação e/ou qualificação em todas as áreas e segmentos. O Grupo Cultural Som Legal, com a sua proposta, ficou classificada em 4º (quarto) lugar no segmento que escolheu ao apresentar seu projeto.

A partir deste projeto, o Grupo Cultural Som Legal passa a atuar também como Produtor Cultural em benefício das mais diversas instituições culturais, de caráter público ou privado, elaborando projetos que visem a captação de recursos externos para viabilizar as idéias culturais da região, colocando-se à disposição através de seu produtor cultural Volnei Schneider, na Rua Gonçalves Dias, 858, conj. 04, na cidade de Quinze de Novembro, RS.

Informações: www2.brasilalemanha.com.br/somlegal  –  www.theschneiders.com.br www.aemb.org.br – Facebook volneischneider (theschneiders) – Fone (54) 3322 1063. 

Fonte: Grupo Cultural Som Legal – somlegal@comnet.com.br

Referências:

http://www.youtube.com/watch?v=MqNXMSjtWFY&list=UU1TtRG5ZJ89cjrgn1Gxyc2Q&index=1&feature=plcp  Reportagem Bom Dia Rio Grande RBS TV 27 04 2009

Apoio cultural BrasilAlemanha e BrasilAlemanha Neues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *