Adeus a Wilson Müller, o foca do furo nacional da candidatura de Getúlio

Adeus a um colega: Wilson Müller

Faleceu no dia 22,aos 83 anos, o jornalista gaúcho Wilson Müller. Ele começou sua carreira em jornalismo no antigo Diário de Notícias, logo que chegou à capital, Porto Alegre, vindo de Cruz Alta, sua cidade natal. Fazia o curso de Direito e ao mesmo tempo atuava na revisão do jornal, fato comum à época. Numa dessas ocasiões faltou um repórter e o “garoto da revisão” foi chamado. Nunca mais voltaria, passando então a criar suas próprias reportagens, com destaque para a política. E graças a isso fez uma viagem ao interior, o que lhe rendeu uma manchete furo de jornalismo nacional em todos os jornais dos Associados. Num evento  de lideranças trabalhistas, um grupo foi visitar Getúlio Vargas na Fazenda de Itu (São Borja) onde ele se exilara do poder. Ali Wilson, um repórter novinho, trêmulo de papel e caneta em punho surpreendeu mais pela elegância e pavor do jovem. Getúlio Indagou: O que tu queres rapaz? Ao que Wilson respondeu – O senhor vai concorrer à presidência? Se o cavalo passar encilhado, eu monto, disse Getúlio. Ele saiu de jipe, até a cidade próxima e pelo telefone avisou a redação. Ali a matéria seria produzida pelos mais experientes e o furo pegou toda a imprensa brasileira de surpresa, já que Getúlio negou até a última hora sua candidatura. Era o primeiro indício de que não iria ficar fora. Ele atuou na área política, desde jovem, sendo inclusive eleito vereador por Cruz Alta. Mais tarde, atuou no governo de Leonel Brizola, já formado em Direito, foi procurador do Instituto Nacional de Previdência Social. Mas foi no jornalismo sua realização, onde além de trabalhar contribuiu para a fundação e fortalecimento de entidades de classe ou associativas. Atuou por cerca de 20 anos como assessor direto do fundador da RBS, Maurício Sirotski. Dirigiu a TV Educativa e a Companhia Riograndense de Turismo (CRTur) e foi presidente da Câmara de Turismo do Rio Grande do Sul. Sempre animando o ambiente com suas brincadeiras, Wilson foi presidente da Associação dos Jornalistas de Turismo – Abrajet, do RS e Nacional, onde granjeou muitos amigos do jornalismo de turismo e ainda vice-presidente da Associação Riograndense de Imprensa (Ari).

Fonte: Volta ao Mundo – Coluna de Nelci Seibel
E-mail: nseibel@terra.com.br

Veja também  Perfil  >>>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *