Colunistas

Andrea
17/08/2013 - 02:09

Prezada Senhora / Prezado Senhor:
Nasci e cresci em São Paulo. Vivo desde 1987 na Alemanha. Porém agora gostaria de voltar para São Paulo para trabalhar e viver para sempre. Possuo a cidadania alema e gostaria de saber se há possibilidade de eu achar um emprego através de voces? Falo português, alemao, inglês e espanhol e todos meus estudos foram feitos na Alemanha!
Agradeco pela sua resposta!
Atenciosamente
Andrea


Valburga Huber
13/08/2013 - 21:02

Srs:
Por favor enviem-me novamente as noticias do portal Breasil-Alemanha (Sou prof. de alemão da F.Letras - UFRJ)
Agradeço a atenção,
Valburga Huber


Pr Lauro Henchen
12/08/2013 - 23:39

AUTORIZAÇÃO
Devido ao aumento do número de internautas pedindo-me autorização para divulgarem meu blog (quase 400 acessos no dia 10/02) nos seus contatos de e-mail, Msn, Twitter, Facebook, etc., e pedindo-me autorização para transcreverem parágrafos em jornais, revistas e páginas da Internet, informo que é até um favor que me fazem com tal divulgação. Entretanto alerto que não podem modificar os textos originais e ainda devem apontar a fonte: o blog e nome deste autor, cumprindo leis federais. Clique no blog: www.laurohenchen.blogspot.com.br Grato. Lauro.


eloi augusto stroher
11/08/2013 - 21:26

o que fazer para voçes divulgar convite de encontro de familha me ta resposta quando antes melhor


Nelio J. Schmidt
10/08/2013 - 18:40

O nosso 8º Encontro será em Rolante, RS
no dia 24 de agosto próximo.

http://www.genealogiars.com/noticias/o-8-encontro-do-genealogiars-de-2013-sera-em-rolante-rs


Nelio J. Schmidt
10/08/2013 - 18:38

O nosso 7º Encontro foi em Picada Café, RS

http://www.genealogiars.com/noticias/o-nosso-7-encontro-foi-em-picada-cafe-rs


Ozias Deodato Alves Jr
09/08/2013 - 16:27

Jornalista catarinense lança livro na França sobre o dialeto alemão Hunsrückisch falado no Brasil

O editor do SJFoco, Ozias Alves Jr, 43, acaba de lançar seu segundo livro na França. O título é “Parlons Hunsrückisch” (Vamos falar Hunsrückisch). Trata-se de um estudo sobre o Hunsrückisch, como é chamado o dialeto alemão nativo da região de Biguaçu e também falado no norte do Rio Grande do Sul.
A obra foi lançada pela editora L´Harmattan, de Paris, a mesma que lançou em 2010 um outro livro de Ozias, o “Parlons Nheengatu”, sobre o idioma tupi moderno ainda hoje falado no Amazonas.

Como adquirir os livros “Parlons Nheengatu” e “Parlons Hunsrückisch”
Contatos com o autor pelo e-mail ozias@jbfoco.com.br


Aqui os endereços no site www.harmattan.fr onde se podem adquirir os livros “Parlons Nheengatu” e “Parlons Hunsrückisch”.

http://www.editions-harmattan.fr/index.asp?navig=catalogue&obj=livre&no=40727

http://www.editions-harmattan.fr/index.asp?navig=catalogue&obj=livre&no=32372&razSqlClone=1


eloi augusto
08/08/2013 - 21:31

2º encontro da familha christmann dias 28e29 de setembro de 2013 na cidade de crissiumal rs maiores informações telefones: 55 9122-3787 claro e 55 9696-7046 vivo (ivar) ou 55 9151-7083 claro (eloi) ou ainda e-mail: ivarwermeier@hotmail.com ou eloi_stroher@hotmail.com
.
.
.
OBS: e-mail: eloi_stroher@hotmail.com (outro email para propostas pois o outro nao recebeu...)


ISABEL DA ROCHA
07/08/2013 - 17:56

Boa tarde,

Sou professora de uma escola pública do RS-Cerro Grande do Sul e estamos nos preparando para o desfile de 7 de setembro próximo e gostaríamos de homenagear a presença alemã no Brasil no nosso desfile. Precisamos saber mais sobre o que estão comemorando esse ano? Não estamos entendendo bem,uma vez que a chegada dos primeiros imigrantes foi em 1824.Como estão comemorando 100 anos da imigração alemã para o Brasil? Por favor podem nos esclarecer melhor o calendário de eventos e se vocês podem nos fornecer algum material da presença alemã no Brasil para usarmos no desfile em homenagem ao encontro das culturas
alemãs e brasileiras? Aguardamos resposta,
Desde já obrigada.


Bruno Barth
03/08/2013 - 20:32

Encontro da Familia Knob
Dia 13/10/2013, na cidade de Feliz RS.
Vome que é descendente desta familia está convidado para participar deste grande encontro, com inicio as 10hs, com missa na igreja matriz da cidade de Feliz/RS e a festa será no Salão Paroquial, situado junto a maatriz. Maiores informações podem ser solicitadas pelo e mail: bruno-barth@bommtempo.com.br.


DANILO WERNER
03/08/2013 - 14:31

5º encontro da família AUTH dias 14 e 15 de setembro de 2013 na cidade de São Jose Do Inhacorá RS. Informações pelos telefones 55 8432-4262 55 9607-0505 55 9918-7560 55 3616-0187.


eloi augusto\\\'
02/08/2013 - 23:19

2º encontro da familha christmann dias 28e29 de setembro de 2013 na cidade de crissiumal rs maiores informações telefones: 55 9122-3787 claro e 55 9696-7046 vivo (ivar) ou 55 9151-7083 claro (eloi) ou ainda
e-mail: ivarwermeier@hotmail.com


Peter Anton
28/07/2013 - 21:20

Casei com uma brasileira e vivo em São Paulo. Estou na fase de socialização e sinto muita dificuldade em falar o idioma e me inserir no mercado de trabalho. Sou pintor, trabalho com marmorização de paredes, pinturas residências, textura, grafiato e papel de parede. Gostaria de saber se existe uma comunidade alemã aqui em São Paulo e o endereço. Obrigada .


Naira Ely
25/07/2013 - 19:53

Boa noite, sou descendente de alemães, da família Ely. Atualmente estou indo em busca da cidadania alemã, gostaria de saber se vocês possuem arquivos que falem da história da família para o Brasil que possariam me ajudar neste processo. Obrigado. aguardo retorno


Maria José de Queiroz
25/07/2013 - 11:25

Gostaria de saber se ainda se interessam pela apresentação de documentários sobre escritores brasileiros.
A convite do Centro de Estudos Lusófonos da Sorbonne Nouvelle, a Professora de Literatura Comparada da Universidade Federal de Minas Gerais, Lyslei Nascimento, apresentou, em Paris, em junho, no Programa da Sorbonne \"Raconter la vie\", o documentário filmado pelo seu irmão, Lesle Nascimento, cineasta, do Curso de Cinema, da mesma Universidade, sobre a escritora e professora Maria José de Queiroz. E como ambos estarão de volta à Europa, , para novas apresentações do filme, gostaríamos de saber se lhes interessaria convidá-los para uma apresentação em Bonn. Queiram, por favor, deixar recado com Maria José de Queiroz (que já se encontra em Paris), por mail ou telefone: 003314261.1291.


Ana Spath
17/07/2013 - 08:01

Oi, Clara!
Eu vivo na Alemanha (Berlim) há muitos anos. O melhor jeito de aprender alemao é vir pra Alemanha. Quem sabe 1° de férias, se puder fazê-lo. Se vc. já tem a cidadania alema, entao é tudo muito simples. Vc. se hospeda na \"Casa do Estudante\" e já term conversacao gratuita, faz um curso na Volkshochschule (escola de linguas) e já vê se é isso mesmo o q. vc. quer.Mas antes de deixar o Brasil, pense bem. Um abr. Ana


sonia
15/07/2013 - 07:38

Tenho diversos livros em alemão , importados por meu avô entre 1920-1940; Gostaria de doá-los. Vcs teriam interesse ou conhecem alguém que teriam interesse? moro em SP- capital. Obrigada


PAULO WOLF
14/07/2013 - 11:50

Escutando o programa pela nossa rádio Germânia de Teutônia, a prof Solange com seu Hunsrick e o estímulo ao falar a lingua alemã, relacionei com um programa há poucos dias na DW sobre KIEZDEUTSCH uma nova forma de se expressar em alemão permeado com termos da lingua de origem dos imigrantes da Alemanha. Transportando isto para cá podemos dizir que aqui no Brasil milhares de descentes alemães falam há muitos anos o KIEZDEUTSCH, que por muitas vezes era visto como uma forma chula de falar e coisa de grosso e por vezes inibia a nossa comunicação desta forma. Veja que na moderna cultura alemã o KIEZDEUTSCH já é motivo de estudos e possui vária matérias sobre o assunto. Quem sabe já falamos aqui uma lingua moderna e com tendência global e não sabíamos.
Uma Abraço.
Paulo Wolf


PAULO WOLF
14/07/2013 - 10:45

Escutando o programa pela nossa rádio Germânia de Teutônia, a prof Solange com seu Hunsrick e o estímulo ao falar a lingua alemã, relacionei com um programa há poucos dias na DW sobre KIEZDEUTSCH uma nova forma de se expressar em alemão permeado com termos da lingua de origem dos imigrantes da Alemanha. Transportando isto para cá podemos dizir que aqui no Brasil milhares de descentes alemães falam há muitos anos o KIEZDEUTSCH, que por muitas vezes era visto como uma forma chula de falar e coisa de grosso e por vezes inibia a nossa comunicação desta forma. Veja que na moderna cultura alemã o KIEZDEUTSCH já é motivo de estudos e possui vária matérias sobre o assunto. Quem sabe já falamos aqui uma lingua moderna e com tendência global e não sabíamos.
Uma Abraço.
Paulo Wolf


Gerhard Konitzki
14/07/2013 - 07:12

Name: Kuhlmann, Theodor, * ca. 1904 in Essen, + unbekannt (Porto Alegre?).
Konfession: katholisch.
Heirat 02.02.1938 mit Else (Nachname und weitere Daten nicht bekannt) inPorto Alegre.
(Lembanca de nosso Casamento
2. Februar 1938V
Kinder: Rudolf, *ca. 1938 und Horst, * ca. 1940.
Eine weitere weibliche Person aus der Familie (Klump, Johanna) ist
ebenfalls nach Porto Alegre ausgewandert.
Es wäre für uns sehr wichtig, wenn wir eine Kopie der Heiratsurkunde
(Standesamt und/oder Kirche) bekommen könnten, (falls vorhanden).
Ebenfalls alle verfügbaren Daten der anderen Personen.
Wir würden uns freuen, wenn wir durch Sie den weiteren Lebensweg von
Theodor Kuhmann und den anderen
Personen unserem Familienstammbaum hinzufügen können.
Wir sind bereit, entstehende Kosten in einem angemessenen Rahmen zu tragen.
Vielen Dank im voraus.
Familie Konitzki, Kuhlmann


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2018 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia