Colunistas

Larissa Raduenz
04/03/2015 - 20:48

Olá, Boa Noite!
Tenho algumas dúvidas referente a cidadania.
Gostaria de saber quem pode consultar meu antepassado, para ver se tenho realmente a descendencia alemã, e quais os documentos tenho que enviar para poder ajudar?
Por favor, me ajudem!

Grata Larissa.


Maria Christina Manz
04/03/2015 - 20:28

Procuro uma máquina de lavar roupa, marca Miele, usada.
Geralmente estas oportunidades surgem quando famílias retornam para Alemanha.


Maria Christina Manz
04/03/2015 - 20:20

Procuro uma máquina de lavar roupa, marca Miele, usada.
Geralmente estas oportunidades surgem quando famílias retornam para Alemanha.


shelagh cross
03/03/2015 - 09:01

Olá ,minha avó mãe do meu pai era alemã e eu gostaria de saber se eu tenho direito a cidadania?Obrigada!


Cristian Scheunemann
02/03/2015 - 12:45

Olá

Tenho descendência alemã por parte de pai e mãe. Porém eles vieram em 1858, gostaria de saber se posso solicitar a nacionalidade de alguma maneira? Sendo aqui ou mesmo na alemanha.


Alex Baseggio
27/02/2015 - 15:31

Boa tarde!

Sou responsável pela emissora de rádio educativa da Unoesc de Joaçaba SC. Gostaria de saber como é a forma de comercialização do programa radiofônico em alemão.

Desde já agradeço e fico no aguardo.


Druzilla Regina Teixeira Xavier Costa
19/02/2015 - 16:43

A quem interessar possa.
Estou tentando levantar documentos, fotos, qualquer informação sobre os familiares da minha sogra, LUIZA MARGARIDA WENDELMEYER ou VENDELMEYER, casada com MANOEL CARDOSO DE AMORIM ( São Francisco do Sul/SC ), FRANCISCA PAULA DE AMORIM BUDAL casada com JOÃO CANUTO BUDAL ( que nasceu em 19/12/1888 ), JOAQUIM LUIZ BUDAL, pai de JOÃO CANUTO BUDAL, H.C.F.A. WENDELMEYER veio no navio FLORENTIN, em 1854; LAURA DE AMORIM ( nasceu 27/09/1893 e faleceu 11/08/1932); ADELAIDE DE AMORIM ( nasceu 02/09/1924 e faleceu 01/02/1939) ; RITA ROSA DA CONCEIÇÃO BUDAL ( nasceu 08/12/1840 e faleceu 17/12/1945... foi casada com JOAQUIM LUIZ BUDAL ); ADEMAR DE AMORIM ( não tenho nenhuma informação ). No NAVIO TRITON vieram: HANS WENDELMEIER, GASPER WENDELMEIER, JOSEPH WENDELMEIER e ANNA WENDELMEIER ( 21/07/1856 ). È tudo que tenho no momento. Aguardo ansiosa a resposta. Cordialmente, Druzilla Costa


Gabriel Borges
19/02/2015 - 15:36

Olá,
Me chamo Gabriel Borges e trabalho no Departamento de Comunicação do Goethe-Institut São Paulo. Gostamos muito da newsletter de vocês, sempre com muito material interessante sobre a relação Brasil/Alemanha.

Gostaríamos de saber se vocês gostariam também de assinar a nossa newsletter, de modo a ter mais contato com o nosso trabalho, que tem tudo a ver com a proposta de vocês.

Se sim, vocês podem me informar o e-mail a ser cadastrado, ou, se preferirem, vocês mesmos podem se cadastrar na página: http://www.goethe.de/ins/br/sap/uun/mll/ptindex.htm .

Agradecemos desde já a atenção e, mais uma vez, parabenizamos o trabalho de vocês!

Até mais!


Valdir Henrique Brod
16/02/2015 - 12:40

4º Encontro da Família Brod
Dias 31 de outubro e 01 de Novembro 2015
em Medianeira - Paraná - Brasil

Contatos: Valdir Henrique Brod
Telefone 045 - 99992 - 0278


REVITTE MÜLLER AMARO
16/02/2015 - 09:56

gOSTARIA DE RECEBER INFORMATIVOS DO BRASIL/ALEMANHA NO E-MAIL ACIMA GRATO

REVITTE MÜLLER AMARO


Adriana Koltz
14/02/2015 - 12:26

Boa tarde!!!
Estou a procura de informações sobre minha família KOLTZ...
Meus tataravós se chamavam Joao Koltz e Marianna Spizza. A filha deles se chamava Catharina Koltz(minha bisavô) e morou por muitos anos em Irai e Alpestre /RS. A Catharina Koltz deu origem a dois filhos: Filomena Koltz e Antonio Francisco Koltz(meu avô) este deu origem ao meu pai Joao Anacleto Koltz que por fim nasceu eu....
Quem souber de alguma informação que possa me ajudar por favor entre em contato comigo... Desde já agradeço....
Email: adriannakoltz@gmail.com


Adriana Koltz
14/02/2015 - 12:23

Boa tarde!!!
Estou a procura de informações sobre minha família KOLTZ...
Meus tataravós se chamavam Joao Koltz e Marianna Spizza. A filha deles se chamava Catharina Koltz(minha bisavô) e morou por muitos anos em Irai e Alpestre /RS. A Catharina Koltz deu origem a dois filhos: Filomena Koltz e Antonio Francisco Koltz(meu avô) este deu origem ao meu pai Joao Anacleto Koltz que por fim nasceu eu....
Quem souber de alguma informação que possa me ajudar por favor entre em contato comigo... Desde já agradeço....


Paulo Erni Schneider
12/02/2015 - 08:34

Por favor, alterar meu e-mail para pauloerni.schneider@gmail.com

O e-mail atual paulo@promilk.com.br será desativado nessa semana.

Muito Obrigado

Paulo Erní Schneider


Fabiane Franken Schonarth
11/02/2015 - 15:08

Boa tarde,

Estou pesquisando sobre o Brasão da família Franken, se de alguma forma puderem me ajudar, agradeço muito.
Att
Fabiane


JR Becker
10/02/2015 - 21:41

Gostaria de saber se vocês dispõe de informações sobre a chegada de imigrantes alemães no ano de 1888 ?


Daniela Moert
09/02/2015 - 17:32

Hello,
may I contact you in english oder german?
I am looking for descendants of a german jewish family. Parts of the family emigrated to Sao Paulo in the 1930s.

Thank you for your help!
Kind regards
Daniela

Hallo,
kann ich Ihnen in englisch oder deutsch schreiben?
Ich suche nachfahren einer deutsch-jüdischen Familie, die in den 1930er Jahren nach Sao Paulo auswandert sind.
Vielen Dank für Ihre Hilfe.
Beste Grüße
Daniela


Via Escrita Editora
02/02/2015 - 17:13

Boa tarde!
Gostaria de divulgar para a comunidade alemã o livro “40 dias com a campeã do mundo – histórias e bastidores da Alemanha no Brasil” do jornalista Gustavo Hofman da ESPN Brasil.
Quando os alemães optaram por estabelecer o Centro de Treinamento para a sua seleção na Vila de Santo André, no município de Santa Cruz Cabrália na Bahia, não faltaram polêmicas.
A repercussão, tanto na mídia alemã como na brasileira, foi enorme e muito se falou sobre a conveniência ou não de praticamente isolar os jogadores de todo burburinho, para dizer o mínimo, da Copa do Mundo no Brasil, ao contrário de outras seleções como a Holanda e os Estados Unidos, só para citar dois exemplos.
Mas, na contramão do que imaginavam os críticos contumazes, a partir do “Marco 0” do Brasil – Santa Cruz Cabrália na Bahia – praticamente tudo deu certo para a seleção alemã em terras brasileiras.


Luciana F. Haussen
30/01/2015 - 12:58

Bom dia,

envio meu e-mail p recebimento da newsletter do site.

Obrigada.
Atenciosamente,
Lucianare


Fernanda Carreira
27/01/2015 - 18:06

Boa tarde, sou pesquisadora de um programa de TV e gostaria de falar com famílias moradoras de Petrópolis/RJ que possam contar um pouco da história de imigração familiar e compartilhar receitas.
Interessados favor entrar em contato comigo por email
fernandacarreira@hotmail.com


Vera Ellert Ochsenhofer
22/01/2015 - 15:42

Olá, gostaria de anunciar meus serviços como tradutora, intérprete e professora de alemão. Não estou conseguindo através do caminho informado no site. Muito obrigada,
Vera


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2018 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia