Colunistas

13/05/2013

Uran Film Festival startet in Rio de Janeiro

Bis 26. Mai werden 52 Dokumentar-, Spiel- und Animationsfilme aus 19 Laendern rund um Atomkraft, Uranbergbau und radioaktive Gefahren gezeigt. 9 deutsche Filme sind mit dabei. Festival terá 52 filmes (documentários, ficções e animações) de 19 paí

Kommenden Donnerstag, 16. Mai 2013, startet in Rio de Janeiros Museum fuer Moderne Kunst das 3. Internationale Uranium Film Festival.

Bis 26. Mai werden 52 Dokumentar-, Spiel- und Animationsfilme aus 19 Laendern rund um Atomkraft, Uranbergbau und radioaktive Gefahren gezeigt.
Auch 9 deutsche Filme sind mit dabei.
 
Der beiden eindrucksvollen deutschen Dokumentarfilme "Friedlich in die Katastrophe" von Marcin El und produziert von Holger Strohm
sowie "Der Bauch von Tokio" Reinhild Dettmer-Finke zaehlen zu den 12 besten Filmen des diesjaehrigen Festivals. Sechs davon
werden am letzten Festivaltag den Yellow Oscar, die Trophae des Uranium Film Festivals erhalten.
 
Nach Rio de Janeiro geht das in der Welt einzigartige Filmfest dann auf Reisen. Ende September wird es mit den besten
Produktionen in Muenchen zu Gast sein. Dannach geht es im November in die USA und nach Kanada.
 
Weitere Infos
 
 
Uranium Film Festival
Rua Monte Alegre 356 / 301
Santa Teresa
Rio de Janeiro / RJ
CEP 20.240-194
Brasil
 
 
Tel: 0055-21-2507 6704


 
 
Uranium Film Festival Rio de Janeiro na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM Rio), de 16 a 26 de maio de 2013.
52 filmes (documentários, ficções e animações) de 19 países.
 
9 filmes da Alemanha.
 
Veja mais informações sobre o festival, os filmes e sobre a exposição fotográfica "Buda Chora em Jadugoda - Índia em Preto & Branco", um evento paralelo ao festival.
A Índia é destaque do festival, com a presença de filmes, fotografias e cineastas "Atômicos" da Índia.

O Diretor Shriprakash, do filme Buda Chora em Jadugoda (Buddha Weeps in Jadugoda, 1999, 55 
min) já levou o Uranium Film Festival para 10 cidades importantes da Índia, no último mês de 
janeiro.  Agora ele desembarca no Rio para participar do festival e traz consigo a exposição 
fotográfica “Buda Chora”.  Shriprakash trabalha há 20 anos com o povo Adivasi que vive perto da 
mina de urânio em Jadugoda, Leste de Jharkhand, na Índia.Filme e exposição fotográfica será 
uma oportunidade única de conhecer os efeitos de uma mineração de urânio sobre a saúde 
humana.

A imprensa terá a possibilidade de entrevistar os convidados.

URANIUM FILM FESTIVAL NO MUNDO - MOSTRAS INTERNACIONAIS DO FESTIVAL

O festival é um festival mundial com mostras itinerantes em outras cidades e países. O festival já 
foi realizado em 2011 em São Paulo, Salvador, Recife, João Pessoa, Natal e Fortaleza. Em 2012, o 
festival esteve em Lisboa, Berlim, e uma grande tournê à Índia, passando por 10 metrópoles 
indianas: De Nova Delhi à Mumbai e Hyderabad. Este ano, o festival também vai viajar aos 
Estados Unidos, em parceria com a artista e diretora de filmes Eve-Andree Laramèe. 

APOIADORES & PARCEIROS

O festival é apoiado pela FAETEC - Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de 
Janeiro, pela Fundação Heinrich Boell Brasil e pelo Istituto Italiano di Cultura Rio de Janeiro. 
Outros apoiadores são Bar do Mineiro, Armazém São Thiago e Cachaça Magnífica. O idealizador e 
diretor geral do festival é o jornalista alemão Norbert G. Suchanek que vive no Brasil desde 2006. 
Também responsável pelo festival é a diretora executiva Marcia Gomes de Oliveira, socióloga e 
professora da FAETEC - a principal instituição parceira do festival. 



 

Os melhores 12 Filmes

Uranium Film Festival com 52 Filmes
Atômicos de 19 Países no MAM-Rio

Cinema, Arte & Informação:  A 3ª edição de Uranium Film Festival Rio de Janeiro vai acontecer na Cinemateca 
do Museu de Arte Moderna (MAM-Rio), de 16 a 26 de maio de 2013. O festival reúne Cinema, Arte & Informação 
para informar a população sobre algo que é invisível, que não tem cheiro e nem gosto, mais que pode matar. 
Energia nuclear e radioatividade são assuntos que podem afetar todo o mundo. O lixo nuclear já produzido, por 
exemplo, pelas Usinas Angra 1 e 2 precisa ser cuidado por mais de cem mil anos. Está a sociedade brasileira 
preparada para isto? Informação é a frase chave. E o filme é o melhor veículo para transportar esta informação 
sobre a natureza, tecnologia e os riscos de elementos radioativos e da indústria nuclear. 

Os melhores 12 Filmes do Festival 2013

ABITA. Crianças de Fukushima –  estreia mundial
As crianças em Fukushima não podem mais brincar na rua. Sobre seus sonhos e realidades. 
Alemanha, 2012, 4 min, legenda inglês, direção Shoko Hara e Paul Brenner. Doc Animação. Classificação 
indicativa 10 anos.

A Curiosidade Mata (Curiosity Kills)
O que aconteceria se eu desse um pouco de urânio em uma tigela ao meu rato de estimação?  Bang! Uma 
comédia sobre um rato assassino radioativo. Estônia, 2012, 14 min, sem diálogo, direção Sander Maran. 
Ficção. Classificação indicativa 10 anos.

Alta Voltagem (High Power) - estreia mundial 
Tarapur é o primeiro projeto de energia nuclear civil da Índia, iniciado cerca de 40 anos atrás. O mundo inteiro 
precisa saber o que realmente aconteceu no local, antes que seja tarde demais. Índia, 2013, 27 min, 
inglês/legenda português, direção Pradeep Indulkar. Documentário. Classificação indicativa 10 anos.

Atomic Ivan 
Essa é uma história de pessoas do futuro que está começando a ser real hoje em dia. O novo herói se faz herói 
para acordar. Uma comédia lírica da era nuclear. Rússia, 2012, 91 min, legenda inglês, direção Vasily Barkhatov, 
produção Telesto Film Company. Ficção. Classificação indicativa 10 anos.

Crianças do Urânio (Children of Uranium)
Em 1950, o programa militar nuclear soviético descobriu um rico depósito de urânio na Romênia. Agora, 
existem 90 pessoas morando num lugar que parece devastado por um bombardeio atômico. Romênia, 
2009, 64 min, legenda inglês, direção Adina Popescu, produção Libra Film Productions. Documentário. 
Classificação indicativa 12 anos.

Estômago de Tóquio (Tokyo's Belly) - estreia mundial
Um guia de cinema para entender o Japão antes e depois da catástrofe atômica de Fukushima. Alemanha, 2013, 
70 min, legenda inglês, direção Reinhild Dettmer-Finke, produção Defi-Filmproduktion. Documentário. 
Classificação indicativa 12 anos.

HIBAKUSHA 
Tem o  propósito de trazer consciência aos atentados de Hiroshima e Nagasaki na esperança de que uma 
tragédia nuclear como esta jamais aconteça novamente. EUA, 2012, 54 min, inglês, direção Steve Nguyen 
e Choz Belen. Documentário. Classificação indicativa 12 anos.







 

Contatos

José Amoras - Coordenação de Imprensa Brasil
(21) 8228 5549
Jose.Amoras@uraniumfilmfestival.org

Márcia Gomes de Oliveira - Diretora executiva
marcia.gomes@uraniumfilmfestival.org

Norbert G. Suchanek - Diretor Geral

Escritório
Uranium Film Festival
Rua Monte Alegre 356 / 301
Santa Teresa
Rio de Janeiro / RJ
info@uraniumfilmfestival.org

Telefones: 55 21 2507 6704/ 7207 6704

Websites:
www.uraniumfilmfestival.org
www.uraniofestival.org

 
abraços
 
 
Marcia Gomes de Oliveira (Diretora Executiva)
 
Uranium Film Festival, Rua Monte Alegre 356 / 301
Santa Teresa, Rio de Janeiro / RJ
 
 
Telefones: 21 - 2507 6704 / 7207 6704
Websites: www.uraniumfilmfestival.org
www.uraniofestival.org
 



Comentários

deslogado
hA4dUA2gI 30/01/2014, às 05:20

Thanks for expressing your ideas. I would also like to coenvy that video games have been actually evolving. Better technology and revolutions have made it simpler to create realistic and interactive games. These entertainment games were not that sensible when the actual concept was being attempted. Just like other kinds of technological innovation, video games also have had to advance via many years. This is testimony on the fast development of video games. http://uxsefv.com [url=http://tdfqjsw.com]tdfqjsw[/url] [link=http://fifkuai.com]fifkuai[/link]

deslogado
5TDJIqacSva 13/01/2014, às 04:57

that, let me inform you just what did work. Your text is dtnefiiely extremely convincing which is most likely the reason why I am making an effort in order to comment. I do not really make it a regular habit of doing that. Secondly, although I can certainly see a leaps in reason you make, I am not really certain of how you appear to connect your points that help to make the final result. For the moment I shall subscribe to your issue but hope in the foreseeable future you actually connect the dots much better.

deslogado
e7ZTGbsvOOA7 11/01/2014, às 16:09

hello there and thanks to your info – I have deitfinely picked up something new from proper here. I did then again experience several technical issues using this website, since I skilled to reload the site a lot of times previous to I could get it to load properly. I had been pondering if your hosting is OK? Now not that I\'m complaining, however slow loading circumstances times will sometimes affect your placement in google and can damage your high-quality rating if ads and ***********|advertising|advertising|advertising and *********** with Adwords. Anyway I’m adding this RSS to my email and could look out for much more of your respective exciting content. Ensure that you update this once more very soon..

deslogado
Marcia Gomes 24/07/2013, às 07:29

Das International Uranium Film Festival aus Rio de Janeiro kommt dieses Jahr erstmals nach München: 26. bis 29. Sept 2013. Mehr als 40 Filme ueber Atomkraft, Uranbergbau und radioaktive Gefahren. Kontakt: info@uraniumfilmfestival.org http://www.uraniumfilmfestival.org/index.php/de/ www.uraniumfilmfestival.org

deslogado
Daniel Steidle 16/05/2013, às 14:03

Parabéns pela inspiradora iniciativa! Sou educador ambiental não formal que na Fazenda Bimini desenvolve voluntariamente há 16 anos um projeto que usa o recurso ARTE (para as pessoas se entenderem melhor)... ultimamente temos investido em produção de vídeos caseiros que são mostrados num antigo paiol de milho, o CINE PAIOLZÃO... http://g1.globo.com/fantastico/quadros/me-leva-brasil/noticia/2013/04/telona-no-meio-de-fazenda-encanta-moradores-que-nunca-foram-cinema.html ...o cinema a serviço da comunidade, de questionar porque nas terras mais férteis do planeta de nossa região querem trazer o chumbo... tem um pequeno vídeo (20 min.) questionando... http://www.youtube.com/watch?v=tOeibbhKB3Q ....será que podemos sonhar com um PLUMBUM FESTIVAL? Ficaria imensamente feliz com um contato! Abraços, Daniel Steidle


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2017 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade