Colunistas

07/08/2013

Últimos dias da festa das etnias no Festival Internacional de Folclore

41ª edição prossegue até domingo, na Rua Coberta, em Nova Petrópolis, RS.
 


 
Franceses, indonésios, peruanos, argentinos, capixabas, paranaenses, baianos e gaúchos representam a cultura de seus países e Estados brasileiros no 41º Festival Internacional de Folclore até o próximo domingo, dia 11 de agosto, quando encerra o evento. Outras culturas também deixaram a sua história nesta edição. Uruguaios, paraguaios, argentinos, chilenos, paulistas e mineiros já se despediram, deixando na lembrança um espetáculo de cores, ritmos, formas, sons e muita cultura. Mas, até domingo, ainda há muito a celebrar, a festa das etnias prossegue até domingo, em Nova Petrópolis.

 

Pôr do Sol - foto Marcelo Moura

A cada atração que sobe ao palco montado na Rua Coberta, junto a Praça das Flores, novas culturas, diferentes costumes são apresentados para milhares de pessoas, diariamente. Quase dois mil artistas, de grupos nacionais e internacionais, dão conta de encantar o público a cada espetáculo. A plateia não se cansa de aplaudir.


Kencala Padica - foto Cassandra Dorneles
 

Um público de aproximadamente 50 mil pessoas já prestigiou a programação do 41º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis desde o dia 26 de julho, quando iniciou esta grande festa no Jardim da Serra Gaúcha e Capital Nacional do Cooperativismo. A comissão organizadora estima que até o dia 11 de agosto mais de 80 mil pessoas confiram o evento.
 
Programação da semana
Durante a semana, a programação do 41º Festival Internacional de Folclore ocorre, das 11h30min às 14h15min, pela manhã e das 17h às 19h15min, à tarde, na Rua Coberta, junto a Praça das Flores. Artesanato e gastronomia típica também são atrações no local do evento. Dezenas de estandes com artesanato e gastronomia das mais diversas nacionalidades também são atrativos aos visitantes do 41º Festival Internacional de Folclore. Indonésia, África, Peru, Equador são nacionalidades representadas nos 27 estantes do evento; além disso, produtos tradicionais do gaúcho, artesanato indígena, doces e biscoitos finos têm espaço no local.
 
Jogos germânicos
No próximo sábado e domingo, dias 10 e 11, as atividades terão início às 09h, na Rua Coberta, com a realização dos jogos germânicos, com as provas de bolão de corda e arremesso de chopp, respectivamente.
Na classificação geral está Vila Olinda em primeiro lugar, com 79 pontos; Linha Imperial e Linha Araripe-Brasil estão empatadas em segundo, com 78 pontos; com 70 pontos, Fazenda Pirajá está em quarto lugar; Centro está na quinta colocação, com 69 pontos; e na lanterna da classificação geral, São José, com 34 pontos.

A disputa de chopp em metro foi a modalidade do último domingo nos jogos germânicos. Os grupos folclóricos concorrem de forma saudável em uma das mais autênticas provas dos jogos germânicos. Na categoria feminina, venceram, respectivamente, Linha Araripe-Linha Brasil, Fazenda Pirajá e Linha Imperial; no masculino, Vila Olinda, Centro e Fazenda Pirajá foram os campeões, respectivamente.
Vila Olinda venceu a modalidade pregar o prego, realizada dia 03 de agosto. Linha Imperial levou a melhor na corrida de tamancos, que ocorreu dia 28 de julho.
 
Noite Cultural
As Noites Culturais do Festival Internacional de Folclore visitarão oito localidades de Nova Petrópolis até o dia 10 de agosto, levando grupos locais, nacionais e internacionais. “As Noites Culturais oportunizam a comunidade do interior o acesso aos espetáculos”, resumiu a diretora do Departamento de Cultura, Gabriela Raymundo, lembrando ainda que os grupos nacionais e internacionais também se apresentam em algumas escolas e empresas de Nova Petrópolis.
 
Mostra Cultural
O CTG Pousada da Serra é a morada da integração do Festival Internacional de Folclore durante as Mostras Culturais. Hoje, dia 07 de agosto, às 19h30min, ocorre a segunda edição, no CTG. “É uma noite reservada para a dança, a música e a integração, em que cada grupo deixa seu agradecimento a Nova Petrópolis e ao Festival Internacional de Folclore”, disse o diretor do setor de eventos culturais, tradicionalista Éderson Santos.
 
Circuito Cultural
O evento também reserva atividades exclusivamente para os grupos visitantes. O Circuito Cultural “Caminhos da Tradição”, realizado no CTG Pousada da Serra é exemplo disso. A cada ano o CTG mostra um tema da cultura gaúcha aos visitantes. Em 2013 o tema do Circuito Cultural é “O boi é bicho, mas tem alma sob o couro”. Segundo o diretor do setor de eventos culturais, tradicionalista Éderson Santos, o Circuito Cultural visa mostrar a influência do gado na formação do gaúcho em uma experiência audiovisual.
Durante o Festival Internacional de Folclore o Circuito Cultural é feito exclusivamente para os grupos visitantes, sendo aberto ao público em setembro, durante a Semana Farroupilha.
 
Celebração da Vida, da Paz e da Diversidade
O momento ecumênico realizado aos domingos pela manhã, no Festival Internacional de Folclore emocionou o público mais uma vez, no último domingo, dia 04. O tema da Celebração da Vida, da Paz e da Diversidade foi a importância da família. Na oportunidade, o visitante padre Antônio Alvimar Souza pediu que o amor prevaleça sempre, acima de qualquer religião. Ao final do momento ecumênico, a plateia recebeu mudas de árvores para multiplicar as sementes da diversidade que une os povos nesta 41ª edição do evento. A última Celebração da Vida, da Paz e da Diversidade ocorre neste domingo, às 10h, no palco da Rua Coberta.
 
Canteiro das Etnias
Para homenagear as etnias presentes na 41ª edição, uma iniciativa inédita.  Espécies representativas de todas as etnias e Estados brasileiros que participam do 41º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis foram plantadas em dois canteiros da Praça das Flores. A iniciativa, chamada de Canteiro das Etnias, partiu da organização do Festival de Folclore, comissão organizadora do Festival da Primavera - Frühlingsfest e Escritório Toni Backes de Paisagismo. O canteiro foi inaugurado na tarde de segunda-feira, dia 05 de agosto, e contou com a presença de integrantes de grupos folclóricos, além do prefeito municipal, Regis Luiz Hahn.
 "O Canteiro das Etnias é um simbolismo da parceria entre eventos. O Festival da Primavera – Frühlingsfest se faz presente no Festival Internacional de Folclore dessa forma. As plantas ficarão aqui até outubro, quando terá o início o Festival da Primavera", explicou um dos idealizadores do projeto, Toni Backes. Para o prefeito Regis Hahn, que fixou uma das placas no canteiro das etnias internacionais, a ação representa uma importante integração. "Os canteiros embelezam ainda mais nossa praça e com isso homenageamos os grupos que participam do nosso festival", destacou.
 
“A história que nos une” e extinção da chama folclórica
A terceira e última apresentação do espetáculo “A História que nos une” ocorre neste domingo, dia 11 de agosto, às 19h30min, na Rua Coberta. Mais de 350 artistas sobem ao palco para contar a história de Nova Petrópolis através da dança.
Após, ocorre a cerimônia de extinção da Chama Folclórica. O apagar do lume ao final do festival não significa o fim, mas uma etapa que finda para que outra tome lugar e corpo, para que o sonho seja ampliado e que, no próximo ano, seja celebrada ainda e sempre a vida, a paz e a diversidade.
 

O 41º Festival Internacional de Folclore é uma realização da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs e da Prefeitura de Nova Petrópolis. O evento integra o calendário anual da IOV – Organização Internacional de Folclore e Artes Populares. Dakota, Cooperativa Piá, Ave Serra, Fundição Alca, Coopershoes, Corsan, Banrisul e Suibom são patrocinadores deste evento. ACINP, Fundo de Turismo, Rota Romântica, Banco do Brasil, Casa Cooperativa e LPR são apoiadores da 41ª edição.
Para mais informações do 41º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis, como programação, notícias, galeria de fotos e informações sobre os grupos folclóricos, acesse o site do evento www.festivaldefolclore.com.br. Acompanhe também a página do festival no facebook, com fotos e informações atualizadas sobre o evento.
 

Legendas e créditos:
As fotos estão salvas com as respectivas legendas e créditos
 
Fonte: Kassandra B. Dorneles | Marcelo Moura
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Nova Petrópolis
imprensa@novapetropolis.rs.gov.br
(54) 3281-8410 | 3281-8412
Acesse: www.novapetropolis.com.br | www.festivaldefolclore.com.br
Nova Petrópolis – Jardim da Serra Gaúcha | Capital Nacional do Cooperativismo



Comentários

deslogado
h1izxtbrK3G 30/01/2014, às 12:05

I told my grotnmadher how you helped. She said, \"bake them a cake!\" http://lbolercemm.com [url=http://sjpiswlxwyc.com]sjpiswlxwyc[/url] [link=http://gxnoomrxa.com]gxnoomrxa[/link]

deslogado
CAqVV41b 14/01/2014, às 03:19

Thinking like that is really imeispsrve

deslogado
mGOvCiir 13/01/2014, às 11:26

I wish . . . it would be more productive than what I did do. The blood bank tech mseisd and infiltrated the vein, which meant I had a rinseback failure, so now I\'m out for eight weeks instead of two rinseback failures are treated like whole-blood draws under their protocol.Instead, I\'m sitting at Epoch coffee house and trying to make sense of the last six or seven months of bills that I didn\'t keep track of at the time I paid them. Which, for me, is worse than a case of the itch.

deslogado
RxoeokMs 12/01/2014, às 04:51

Wait, I cannot fathom it being so stgfdrhtaorwari.

deslogado
milena thaís griesang 10/08/2013, às 16:40

eu gostei muito e queria saber a rua dos paguai.eu amei muito do paraguai.

deslogado
milena thaís griesang 10/08/2013, às 16:39

eu gostei muito e queria saber a rua dos paguai.eu amei muito do paraguai.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2020 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade