Colunistas

10/10/2015

Prefeitura Municipal de Blumenau publica Informe especial sobre 32ª Oktoberfest

Quem pretende participar da 32ª Oktoberfest de forma tranquila e sem imprevistos pode antecipar a compra dos ingressos via internet, no endereço http://www.blueticket.com.br/grupo/oktoberfest2015.

Para este sábado, dia 10, a venda on-line vai até as 11h com o preço do ingresso a R$ 30,00. Neste dia, as bilheterias do Parque Vila Germânica abrem às 10h com as atividades da festa iniciado às 11h.

Segundo o diretor Financeiro Guilherme Guenther, até as 13h não é cobrada a entrada. "Mesmo com as bilheterias, orientamos para a facilidade de comprar o ingresso pela internet. Como nas edições anteriores, estamos controlando os acessos para que nenhuma pessoa portadora do ingresso fique sem entrar nos pavilhões", diz.

O diretor reforça ainda que a capacidade máxima do Parque Vila Germânica é de 40.704 pessoas (público + serviço) dentro da festa simultaneamente. "Para isso, contamos com uma carga de ingressos que são disponibilizadas diariamente. Por isso a compra dos ingressos pela internet se torna realmente viável, garantindo o acesso de todos", explica.

Valores

Dias 19 e 25: Entrada gratuita
Domingos, terças, quartas e quintas-feiras: R$ 10,00
Sextas-feiras, sábados, feriado e véspera de feriado: R$ 30,00

Horários de cobrança de ingresso
Segunda a sexta-feira: a partir das 18h.
Sábados, feriado e véspera de feriado: a partir das 13h.
Domingo: a partir das 15h.

Meia-Entrada
Estudantes: Apresentar a carteirinha de estudante com foto e data de validade.
Professores: De escolas públicas e particulares, do ensino básico ao médio, mediante comprovação de identidade e vínculo empregatício (carteira de trabalho, folha de pagamento ou crachá).
Pessoas com 60 anos ou mais.
Pessoas de 12 a 17 anos, apresentando documento com foto que comprove direito ao beneficio.
Portadores de necessidade especiais (o acompanhante não tem direito a meia entrada).
Doadores de Sangue: Com apresentação da carteirinha de doador.*
*Apenas para doadores de Santa Catarina

Traje Típico
Meia-entrada: De quinta-feira a sábado, feriados e vésperas de feriados.

Domingo, quando os feriados forem nas segundas ou terças-feiras.

Entrada gratuita: De domingo a quarta-feira, exceto feriados e véspera de feriados. 

A 32ª Oktoberfest é uma realização da Prefeitura de Blumenau e tem o patrocínio de Eisenbahn, Bradesco, Sky, Seara, Tim, Guia Fácil e Juca na Balada.

Assessor de Comunicação: Joni César (9977-9837)

Vila Segura orienta foliões na volta para casa

 A exemplo da edição passada, a 32ª Oktoberfest de Blumenau traz mais uma vez a questão educativa para os foliões em relação ao álcool e principalmente para quem pretende dirigir após a festa. É a Vila Segura, uma estrutura montada pelo Seterb dentro dos pavilhões do Parque Vila Germânica, em frente ao Setor 1, atendendo até o fim da festa, dia 25 de outubro, das 20h às 24h.

 Com a Vila Segura, quem sai da brincadeira para retornar ao lar poderá fazer o teste do bafômetro para saber se está em situação de colocar a mão no volante. Para isso, o Seterb conta com equipes compostas por três funcionários que se revezam diariamente. Caso o teste aponte um índice de teor alcoólico de 0.0, a pessoa recebe um adesivo na cor verde com os dizeres "Posso Dirigir". Caso o teste acuse um índice acima de 0.0, será colado um adesivo na cor vermelha, indicando que não pode dirigir.

 Apesar de parecer brincadeira ou apenas um teste, o Seterb leva a sério a questão da segurança durante a festa. A proposta tem objetivo educativo, repassando as orientações necessárias à pessoa quando o teste acusar um teor alcoólico. Nestes casos, ela é orientada para que deixe outra pessoa dirigir o veículo, um amigo ou um parente, por exemplo. Na falta de alguém, a equipe sugere para que retorne a casa com a ajuda do transporte coletivo municipal ou ainda de táxi.

 Segundo o Seterb, quem for parado em blitz sob efeito de álcool com teor alcoólico acima de 0.0 até 0.3 é multado e recebe um procedimento administrativo. Aqueles que estiverem com teor acima 0.3, além de multa, é conduzido à delegacia e o veículo apreendido. De acordo com o responsável por uma das equipes que está trabalhando na festa, Evandro Ribeiro Beltramini, todas as orientações são colocadas de forma simples para que a pessoa realmente não se prejudique ou coloque em risco a vida de outros ao sair da festa.                                                                                                                            

Nesta edição da festa, o Seterb se preocupou em ampliar a relação da segurança com a qualidade de vida também para os menores. Menores na faixa etária de até 12 anos têm acesso a uma pista de trânsito educativa junto ao Kinderplatz, uma área totalmente dedicada às crianças, que também promove atividades socioculturais, educativas e de lazer durante a Oktoberfest. A pista funciona nos sábados, domingos e feriados com as crianças dirigindo uma bicicleta na prática. Tudo com o apoio de um agente da Guarda Municipal de Trânsito.

Para trazer uma simulação mais próxima do real, a criança segue as normas nacionais estabelecidas pelo Código Nacional de Trânsito, respeitando durante o percurso da pista as sinaleiras, o próprio agente de trânsito e demais sinalizações que compõem a pista de rolamento. O objetivo do Seterb é educar as crianças para uma transformação real da sociedade no futuro.

Assessor de Comunicação: Joni César (9977-9837)

Interesse pelo traje típico aumenta e garante desconto na entrada

 Os trajes típicos alemães estão cada vez mais no gosto do público que frequenta a Oktoberfest. São fritzes e fridas por todos os pavilhões, para todos os gostos e estilos. Mas para se encaixar no traje típico, e ganhar o benefício do desconto na entrada, é preciso seguir algumas regras, conforme lei municipal de 2013.

É o que faz o turista da cidade vizinha de Jaraguá do Sul, Leonardo Graffunder. Há quatro anos ele adquiriu a bermuda até os joelhos e conta que cem dias antes da festa começa a acessar diariamente o site do evento para ficar por dentro do que pode e o que não pode na vestimenta. "A cada ano vou mudando a camisa, às vezes um chapéu novo, para dar uma incrementada. Mas tento seguir exatamente a regra", confessa o "quase legítimo" fritz. A maior motivação de Leonardo não é a meia-entrada, benefício que ele obteve na noite desta sexta-feira, dia 9, mas sim o gosto pela festa, pelas tradições e pela diversão com o grupo de amigos que veio aproveitar a Oktoberfest.

Natural de Gaspar, a engenheira Scheila Isensse, de 23 anos, também veio da cidade onde mora atualmente, Joinville, trajada tipicamente de frida. A mãe é quem costura seu traje e a cada ano, há cinco anos, ela muda os acessórios ou a cor da camisa, mas sempre adaptada às tradições. "A festa fica com outro clima, muito mais legal quando estamos vestidos tipicamente", afirma.

Para a diretora de Eventos da Secretaria de Turismo, Ivone Lemke, a valorização do traje é uma prática que vem se tornando cada vez mais constante nas últimas edições da Oktoberfest. "As pessoas sentem-se parte da festa, tem prazer e orgulho da roupa. E a valorização do traje típico veio com a mudança do conceito da festa e o engrandecimento da cultura alemã", ressalta. Ivone lembra ainda que os oktoberfesteiros trajados tipicamente podem participar do concurso de Fritz e Frida mais bem vestidos e ganhar a chance de fazer parte do desfile oficial da Oktoberfest 2015.

O traje adequado

O FRITZ: não podem faltar a calça ou bermuda folclórica alemãs, esta última até um palmo acima do joelho. A camisa, de manga longa ou curta, também é obrigatória e precisa harmonizar com tecidos e cores do restante do traje. A meia, até a altura do joelho, não pode faltar e o sapato deve ser social ou em cor única de sola e sapato.          

A FRIDA: a blusa, de manga longa ou curta, não pode deixar o ventre a mostra. O vestido ou saia devem ser até a altura do joelho e os sapatos que compõem o traje típico são as sapatilhas, sociais ou botinas, sempre fechados, em cores lisas.

Para não errar na combinação, confira os detalhes dos trajes típicos em: www.oktoberfestblumenau.com.br/oktoberfest/trajes-tipicos

Assessora de Comunicação: Marília Prado (9251-4686)

Segundo Chope em Metro atrai participantes de todos os lugares

Gabriel do Rio, de Mogi das Cruzes (SP), foi o vencedor da segunda edição do Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro da 32ª Oktoberfest. Ele foi o primeiro ganhador de fora de Santa Catarina. Gabriel fez o tempo de 18s25d. O segundo colocado foi o norte-americano Patrick Course, de San Roque, com o tempo de 19s72d. Já a terceira posição foi do paranaense de Guarapuava, Rafael Rodrigues Padilha, com 33s69d.

 \No naipe feminino a vencedora foi Bruna Marangoni, de Blumenau, com o tempo de 58s98d. O Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro ocorre todas as noites no Setor 3 do Parque Vila Germânica. As inscrições acontecem sempre 30 minutos antes da competição. A programação completa com os horários do concurso está disponível no site da festa, no www.oktoberfestblumenau.com.br. A participação é gratuita.

 Assessor de Comunicação: Felipe Rodrigues (9618-1267)

 Diretoria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Blumenau
www.twitter.com/PrefeituraBNU
www.facebook.com/PrefeituraBNU
www.blumenau.sc.gov.br
47 3381-7527
 



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade