Colunistas

03/05/2019

Os velhos moinhos dos pomeranos - por Ivan Seibel*

Os moinhos de grãos são milenares. Agora, mesmo que para isso não haja uma explicação muito lógica, podemos ver que foi apenas na virada do século XIX que o moinho “surgiu” em muitas colônias pomeranas no Brasil.

Mas, vejamos como esse era construído. Tratava-se de um engenho cujo mecanismo principal era constituído basicamente por duas pedras sobrepostas, de um granito muito duro e em forma de discos de cerca de cinquenta centímetros de diâmetro.

A inferior era fixa em uma estrutura de madeira, chamada mó fixa e a superior, ou mó móvel era suspensa sobre um eixo em posição vertical e movimentada pela força de uma roda d’água. Os grãos de milho caíam aos poucos em uma abertura no centro da mó superior e pela força centrífuga penetrava entre as superfícies da pedra superior em movimento e da inferior fixa.

Este processo resultava no completo esmagamento dos grãos de milho e a sua transformação em um finíssimo pó, o qual, ao final, pela forma centrífuga da sua rotação era lançado para fora deste espaço e recolhido em um recipiente de madeira ou saco de tecido.

Foi desta forma que lentamente os agricultores pomeranos foram substituindo o pilão pelo moinho de pedra como ferramenta para a produção da sua farinha de milho.


*Ivan Seibel, Reg. Prof. Mtb 14.557, natural do Espírito Santo, é médico em Venâncio Aires, RS, escritor (“Imigrantes a duras penas”, entre outros), comentarista do programa radiofônico semanal AHAI – A Hora Alemã Intercomunitária > bl 03, colunista www.brasilalemanha.com.br e editor de Folha Pomerana Express >
Acessse o Informativo

 



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2020 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade