Colunistas

14/08/2016

Olímpia e seus jogos - por Ivar Hartmann*

As ruínas escavadas por franceses e alemães em Olímpia, mostram a grandiosidade daquele centro religioso e esportivo do sul da Grécia, próximo ao mar Jônio.

Era o local para onde, desde séculos antes de Cristo, a cada quatro anos, as cidades-estados gregas mandavam seus melhores atletas para competir próximo a estátua de ouro de Zeus.

Eram poucos os jogos: quatro tipos de corridas pedestres, corridas equestres de bigas ou quadrigas e de cavalos encilhados. Três espécies de luta de Box, divididas entre atletas jovens e adultos. E o pentatlo,   os cinco principais exercícios atléticos entre os gregos: corrida, arremesso do disco, salto, lançamento do dardo e luta. Extinta as Olimpíadas gregas por um imperador romano e saqueado o templo, Olímpia entrou em decadência e seus jogos esquecidos. Foram resgatados pelo francês Barão de Coubertin. A primeira Olimpíada da Era Moderna foi realizada em 1896 em Atenas. 10 países e 300 atletas participaram da mesma. Em nove modalidades esportivas e, como na antiguidade, sem a presença de atletas femininas. A prova mais famosa então como agora, a Maratona. Corrida na distância de 42,195 km. Homenagem ao soldado que correu cerca de 40 km desde o campo de batalha de Maratona,  uma planície próxima ao mar Egeu, para anunciar aos cidadãos de Atenas a vitória do seu exército contra os invasores persas, muito mais numerosos.

 

Os Jogos da XXXI Olimpíada, também chamados de Jogos Olímpicos de Verão de 2016 ou  Jogos Olímpicos de 2016, que agora transcorrem, implicaram em bilhões de reais de investimentos, sobre os quais pairam dúvidas entre os brasileiros quanto à correta aplicação. Isso deixado de lado, os demais números são amazônicos. 206 nações de todos os continentes e partes do mundo, após milhares de competições internas selecionaram seus 10.500 melhores atletas e vieram ao Rio em busca de medalhas de ouro, prata ou bronze, quase mil premiações no total, em 42 modalidades de 30 esportes. A estes atletas somam-se milhares de profissionais da imprensa mundial, técnicos, médicos, paramédicos, seguranças, assessores e administradores das equipes.  Esportistas e turistas de toda a terra. Em todo mundo, nos mais diversos horários, somar-se-ão bilhões de pessoas que terão contato com o Brasil em algum momento desta Olimpíada. De 5 a 21 de agosto os olhos estão no Brasil e nos brasileiros. Deus nos guarde.

ivarhartmann@hotmail.com  


*Ivar Hartmann é promotor público aposentado, colunista do diário Jornal NH, Grupo Sinos, Novo Hamburgo, RS, e colaborador do portal BrasilAlemanha e da mala direta BrasilAlemanha Neues.



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade