Colunistas

24/09/2014

Notícias da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul

1. Credenciamento de Imprensa 2. Café Colonial

1. Credenciamento de Imprensa 

 

Olá colega da imprensa!

Estamos nos aproximando de mais uma edição da Oktoberfest de Santa Cruz do Sul, que em 2014 comemora o Jubileu de Pérola. Para que todos realizem um bom trabalho, estamos recebendo até o dia 29 de setembro as solicitações de credenciamento dos profissionais que vão trabalhar durante a 30ª Oktoberfest, de 8 a 19 de outubro.

Solicitamos que seja enviada para o e-mail oktoberfest@fourcomunicacao.com.br apenas uma lista por veículo, com nome completo, função e número do documento de identidade do profissional. O retorno sobre o credenciamento, bem como a entrega das credenciais autorizadas, deve acontecer a partir do dia 2 de outubro, na sede da Four Comunicação (Rua Assis Brasil, 141 – 2º andar – sala 201, em Santa Cruz do Sul), em horário comercial.

O acesso ao Parque da Oktoberfest será novamente com identificação por imagem, não necessitando de cadastro prévio, pois a fotografia de referência será tirada no primeiro acesso.

A exemplo de anos anteriores, a credencial de imprensa não dá acesso à Arena de Shows. Para os interessados em realizar a cobertura dos quatro shows nacionais realizados no local (em parceria com as produtoras AM9 e Morphine), bem como participar das coletivas de imprensa com os artistas, haverá um credenciamento específico pelo e-mail anacristina@fourcomunicacao.com.br com o envio do nome do profissional, veículo, editoria, e-mail e fone celular para contato.

Desde já, contamos com a sua compreensão e agradecemos o apoio na divulgação do evento.

Mais informações estão disponíveis no site: www.oktoberfestsantacruz.com.br  

 


2. Café Colonial volta à Oktoberfest sob administração do Centro Cultural 25 de Julho

Centro Cultural assume espaço característico da Festa da Alegria que esteve ausente no ano passado e que, nesta edição, promete oferecer delícias da culinária alemã

A 30ª Oktoberfest e Feirasul – que acontecem de 8 a 19 de outubro - contará com a volta do tradicional Café Colonial. Após uma edição em que o ambiente esteve ausente, o Centro Cultural 25 de Julho assume a atração e promete trazer os quitutes mais característicos da culinária alemã. No ambiente, os visitantes poderão desfrutar desde cucas e linguiças, até doces e salgados diversos. A iniciativa de se responsabilizar pela gestão do espaço é um desafio, conforme conta a diretora Cultural da entidade, Celi Durante. “Quando recebemos a proposta, nos encorajamos em aceitar principalmente pelo fato de termos colegas que têm conhecimento em gastronomia. Em nossos eventos, somos nós que elaboramos os cardápios. É um desafio, sim, mas adoramos um desafio”, revela.

De acordo com Celi, para que a estrutura do 25 de Julho, localizada junto ao Parque da Oktoberfest, esteja apta a receber o evento, equipamentos específicos para a confecção dos alimentos estão sendo adquiridos. Diante dos investimentos, o objetivo é que o Café Colonial perdure além da Festa da Alegria. “Durante a festa vamos analisar a resposta do público. Queremos que além dos turistas, a comunidade santa-cruzense participe efetivamente. Caso o resultado seja positivo, a ideia é fazer cafés esporádicos ao longo do ano”, planeja a diretora.

Além dos quitutes tradicionais da culinária alemã, como cucas, bolos, salgados e linguiças, a equipe está tendo um cuidado especial para que todos os públicos possam apreciar as delícias que serão servidas. Entre as novidades está  a produção de alimentos especiais. “Queremos que todo mundo possa desfrutar das iguarias. Para isso, também vamos oferecer opções sem glúten e lactose”, salienta Celi. O valor do café será de R$ 42,00 (o quilo), com acompanhamento de café, leite e chá à vontade.

TRADIÇÃO - O costume de saborear um café colonial já ultrapassa inúmeras gerações das famílias alemãs. “O típico café colonial alemão tem sua origem na mesa do imigrante, que servia os produtos artesanais elaborados a partir da produção familiar de sua pequena propriedade”, relata coordenadora de Cultura e Folclore da 30ª Oktoberfest, Maria Luiza Rauber Schuster. “Os agricultores tinham na sua pequena propriedade, um trabalho que lhes exigia muita força, então, costumavam tomar bem cedo, um café bem reforçado. Era essa refeição matinal que iria proporcionar energia suficiente para o desempenho das árduas funções do dia”, frisa.

Conforme a coordenadora, desde o princípio o café era farto, contemplado por muitos tipos de cereais e produtos de origem animal, como leite, manteiga, nata, queijos, requeijão, käschmier, wafles, torresmo, linguiças, pão de carne e ovos. “Muitos doces também eram produzidos a partir da colheita de frutas e da cana-de-açúcar. Surgiam então muitos tipos de pães, bolachas, bolos, tortas, cucas, schimier (geléias), compotas entre muitas outras delícias preparadas pela mulher imigrante”, conta.

A popularidade dos cafés coloniais foi espalhada através de viajantes e turistas, que tempos atrás, ao chegarem tarde da noite em regiões pouco movimentadas, não encontravam hotéis, pousadas, hospedarias e nem restaurantes. “Eles, então, eram acolhidos pelos colonos que se prontificavam a atendê-los, oferecendo-lhes alojamento e também refeição. Nesta oportunidade, era colocada à mesa o que de melhor possuíam”, salienta Maria Luiza. Esse café colonial, farto e delicioso passou, então, a ser conhecido, divulgado e tornou-se uma deliciosa tradição.

Foto em anexo: Delícias da culinária alemã estarão no Café Colonial    clique aqui
Crédito foto: Rodrigo Assmann

 

Assessoria de Imprensa da 30ª Oktoberfest:
Four Comunicação (51) 3715-5961/3056-4404
22 de setembro de 2014

 



Comentários

deslogado
dfg 18/04/2017, às 05:42

In formal social occasions, watches are rolex replica often regarded as jewelry, usually only a ring can be worn for men, it is highly valued. Some people even stressed: "watches are not only men's jewelry, but also the rolex uk most important men's jewelry." In western countries, watches, pens, lighters adult man was once known as the "three treasures", every man must never be away from the replica watches body. The same thing with jewelry is that in the replica watches uk social occasions people wear watches often reflect their status, identity and wealth status. Therefore, in interpersonal communication, people wear watches, especially men's watches, most eye-catching.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2021 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade