Colunistas

24/03/2018

Na Porto Alegre dos sonhos viáveis - por Sílvio Aloysio Rockenbach

Homenagem do editor de BrasilAlemanha à cidade aniversariante nesta 2ª. feira, 26, escolhida para viver, após 13 anos na Alemanha (1970-1983) e que durante mais de 100 anos foi "a cidade dos alemães". Veja link no texto.

Na PORTO ALEGRE dos Sonhos Viáveis vejo um imponente letreiro branco hollywoodiano no alto do Morro da Polícia/Embratel. No mesmo branco, linhas contínuas separam as pistas nas ruas da cidade, disciplinando circulantes.

As faixas de pedestres, sempre com ar de tinta fresca, sinalizam que a cidade tem governo comprometido com os cidadãos e  induzem condutores educados a garantirem passagem tranquila, como em Gramado, por que não?  Ou seriam eles, lá, seres superiores, de outra cultura?... As calçadas viraram apelo direto a distraídas caminhadas na contemplação de vitrines, de gente risonha indo e vindo e de carrinhos de bebê desfilando sem solavancos as encantadoras promessas do amanhã.  Para tanto, o prefeito decidiu que a capital dos gaúchos é uma cidade turística! E chamou todos os proprietários de terreno à responsabilidade. Quem não arrumou sua calçada foi alertado. A calçada irregular foi consertada por empresa habilitada em licitação pública por áreas e regiões, a preços coletivos surpreendentemente baixos e lançados na conta do IPTU dos recalcitrantes. Terrenos baldios deram lugar a hortas comunitárias.

Ruas deploráveis com crateras e esgoto a céu aberto tiveram tratamento de emergência com comprometimento de comissões de moradores e operações emergenciais dos órgãos municipais. Pichador virou limpador! E rua sem nome virou vergonha do passado. Na minha Porto Alegre dos Sonhos Viáveis, o Carnaval combalido de 2018 virou Carnaval do Mercosul, da Integração, da Convergência. O Carnaval de uma nota-samba só virou Carnaval da marchinha, da valsa, do vanerão, da polca, do bugio e até do samba, a exemplo dos vibrantes Carnavais do axé, do frevo, do sertanejo, do maxixe, do maracatu na Bahia, Recife e Fortaleza. Argentinos, uruguaios , paraguaios, chilenos contam maravilhas do agora Carnaval de referência continental.

Afinal, Carnaval não é só brasileiro, mas também alemão (Colônia, Düsseldorf, Aachen e Mainz), italiano (Veneza), francês (Nice), espanhol (Ilhas Canárias), português (entrudo de Lisboa), todos sem um sambinha sequer. Ou melhor: em Colônia, na Alemanha, há 41 anos tem Carnaval Brasileiro com muito samba, que deixamos lá plantado a partir de 1977, 78, 79, o colega capixaba/carioca Severino Alvas da Silva e este articulista.

A propósito: lá também deixou saudades o African Club, frequentado dois anos e meio nos campos de futebol, e a admiração pelo futebol subsahariano, muito antes do fantasma do Mazembe. Porto Alegre finalmente deixou de ser uma cópia desbotada do Carnaval do Rio e um tracinho nas estatísticas. Ah, e o Porto Alegre Airport, da Fraport-Frankfurt, deu asas de Varig aos sonhos de chegada e saída da capital. O RS na sua diversidade cultural já foi tema de sucesso de escola de samba no Rio. Por que não daria certo por aqui?

Porto Alegre voltou a ter também o seu Festival das Etnias, espalhado ao longo do calendário anual.  O Carnaval agora é de todos, assim como a FENADI de Ijui, a Festa da Uva de Caxias do Sul, a São Leopoldo Fest, a Oktoberfest de Igrejinha, de Santa Cruz do Sul, o ENART e a Semana Farroupilha são de todos e o Zumbi dos Palmares deveria congraçar a todos. Ainda dá para se acreditar no Rio Grande do Sul, mas só quando ele, a exemplo de Porto Alegre?..., resolver se unir e reinventar o ideal das Reduções Jesuíticas, nosso glorioso Patrimônio Cultural da Humanidade, sem segregação e sem donos de tribos locais, agora todos contagiados por uma redentora “torcida mista”.

Veja também: Porto Alegre, "a cidade dos alemães". E Oktoberfest questionada > A propósito: em breve teremos Bicentenário da Imigração Alemã. Veja em www.brasilalemanha.com.br > Calendário Nacional de Eventos  e campanha "Educação em 1º lugar". Tudo a ver!



Comentários

deslogado
Paulo Mário santos da Costa 27/03/2018, às 09:25

Bom Dia, grande Silvio. Aqui é o Paulinho. quero parabenizá-lo pelo texto. Muito bom. Que sirva de exemplo para alguns governantes de nossa cidade que também adotei para viver( dia 07 de abril completa 50 anos) A propósito, quem sabe na próxima eleição para Prefeito de Porto Alegre você concorre? Abraços. Paulinho (51)985633026 ou (51) 32898093(Estúdio geraldo Flach)


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade