Colunistas

14/06/2019

Leigos no trabalho das comunidades - por Ivan Seibel*

Na época das duas Grandes Guerras, muitos pastores luteranos europeus das comunidades pomeranas, seja os que atuavam como sacerdotes ou como educadores/alfabetizadores foram aterrorizados e mais tarde muitos terminaram sendo detidos.

Aliás, foi o que aconteceu com todos os estrangeiros, exceto os que tinham adotado a nacionalidade brasileira. Os de nacionalidade norte-americana, como era o caso de pastores da Igreja Missouri, mesmo não dominando o idioma nacional terminaram sendo poupados deste suplício.

Neste momento surgiu um grande dilema:  O que fazer com as comunidades sem assistência espiritual. Os pastores estavam presos ou proibidos de falar. A solução encontrada pelos colonos foi a de adotar um trabalho religioso leigo.

Com isto, muitas vezes membros das comunidades, já um pouco mais instruídos e que de certa forma dominavam a língua portuguesa foram assumindo estas tarefas nas comunidades.

Realizavam batizados, casamentos e os ofícios religiosos, durante muitos anos conhecidos como “Lesegottesdienste”, ou seja, culto na forma de leitura de toda a ritualística e dos sermões. 

Tudo isto dentro de uma forma muito simples e com muito improviso. Estes ajudantes na realidade executavam as tarefas que antes tinham sido atribuição dos pastores alemães. Em algumas comunidades este trabalho chegou a durar mais de cinco anos, até que os pastores puderam novamente retomar os seus trabalhos.


*Ivan Seibel, Reg. Prof. Mtb 14.557, natural do Espírito Santo, é médico em Venâncio Aires, RS, escritor (“Imigrantes a duras penas”, entre outros), comentarista do programa radiofônico semanal AHAI – A Hora Alemã Intercomunitária > bl 03, colunista www.brasilalemanha.com.br e editor de Folha Pomerana Express >
Acessse o Informativo >



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2020 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade