Colunistas

08/06/2019

Igreja Católica ganha Plataforma para financiamento de seus projetos

Você busca mais dinheiro para realizar os projetos da sua comunidade? Sua Pastoral está com dificuldades para conseguir o financiamento de suas ações?
Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link

 Então você precisa conhecer o PARTILHE, uma plataforma para a captação coletiva de recursos exclusivamente destinada aos projetos ligados à Igreja Católica.


Não é de hoje que a Igreja Católica vem conquistando cada vez mais espaço na Internet. A comunicação entre os fiéis e os trabalhos pastorais realizados pela Igreja ganham força através deste meio. Se outrora eram poucas as iniciativas católicas no universo online, hoje não para de surgir novidades cada vez mais úteis para as ações pastorais da Igreja. Agora são as plataformas de "crowdfunding" (termo utilizado para denominar o modelo de doação coletiva), que chegam com força dando incentivo e visibilidade a Projetos que há muito tempo não saiam do papel.

Já existem vários segmentos da sociedade que, há anos se beneficiam dessa maravilha para captar recursos de todos os tipos, principalmente financeiros. E a Igreja começa a aderir com entusiasmo a este novo conceito de captação que já faz sucesso no Brasil em outros segmentos. Estima-se que, desde 2010, quando a primeira plataforma foi lançada no País, mais de 50 milhões de reais já foram arrecadados. Nos Estados Unidos, país que originou o sistema, esse número já ultrapassou a casa dos bilhões de dólares. Isso mesmo: BILHÕES! O grande "case" dos americanos foi a primeira campanha de eleição do presidente Barack Obama, financiada em mais de 40% por "crowdfunding".

Partilhe é um sistema simples e acessível que veio para facilitar e auxiliar projetos exclusivamente ligados à Igreja Católica. Tudo é realizado através de uma plataforma WEB, onde os projetos são cadastrados pelos próprios idealizadores. Vinculada a uma Rede Social também católica - www.echatolicus.com, os projetos são divulgados em grande escala e qualquer pessoa pode ajudar escolhendo a melhor forma de fazer suas doações, que podem ser pagas por boletos bancários ou cartões de créditos.
O diferencial desse método de arrecadação é que os projetos só são realizados se obtiverem sucesso na captação, ou seja, se alcançarem 100% do valor estipulado como meta de arrecadação. Se ultrapassarem essa meta, o valor excedente é transferido para outros projetos que não lograram êxito, tudo escolhido pelos próprios doadores.

Agora, se o projeto escolhido para doar não conseguir sucesso, o doador recebe seu dinheiro de volta ou transfere o valor para outro projeto de sua escolha. "É tudo ou nada", diz Fábio Castro presidente da Associação Petras, responsável pelo Partilhe. "Esse modelo de financiar somente os projetos que conseguem captar o que precisam para serem realizados é uma maneira segura de garantir a realização dos mesmo para o benefício de todos os envolvidos e também para os doadores que têm a garantia de receber de volta o dinheiro doado caso o projeto não se realize", completa Castro.

A Associação Petras está à frente do Projeto Partilhe em Parceria com várias entidades católicas, entre elas o CERIS - Centro de Estatísticas e Investigações Sociais que realiza o Censo Anual da Igreja e publica o Anuário Católico do Brasil. Aliás, a próxima edição do Anuário está sendo oferecida aos assinantes pela plataforma Partilhe. A CNBB já utiliza o sistema, adaptado para ela, para receber doações através da Internet para as Campanhas da Fraternidade e de Evangelização. A JMJ Rio 2013 também utilizou o sistema para captar recursos na campanha "Quero mais JMJ", realizada em maio de 2013 quando o Partilhe passava por testes. Várias organizações da Igreja Católica já estão aderindo ao Partilhe e cadastrando seus projetos.

O endereço da plataforma é  www.partilhe.org. Para cadastrar um projeto, basta registra-se no site e seguir todas as orientações detalhadas disponibilizadas a partir do link 'Como fazer'. Além das taxas de cobrança cobradas pelos bancos e administradoras de cartões, o Partilhe cobra uma pequena comissão para manter seus custos. Para realizar uma doação basta escolher um Projeto clicar em 'Financiar este Projeto' e seguir o passo a passo. Os doadores também recebem recompensas dos donos do projeto em agradecimento pelo gesto de doar. Também pelo site, há uma equipe disponível para informações e dúvidas, clique no link Contato ou envie um e-mail para contato@partilhe.org.
                

Serviço: Partilhe - Plataforma de Financiamento Coletivo de Projetos Ligados á Igreja Católica
Assessoria: Promocat Marketing - (11) 2099 6688 - contato@partilhe.org


Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail webmaster@partilhe.org ao seu catálogo de endereços.

A Pe. Luiz Cláudio respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui.



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia