Colunistas

30/01/2014

Autoridades alemãs e brasileiras participam da abertura oficial do “Túnel da Ciência Max Planck” no Brasil

A solenidade realizada na manhã do dia 29 de janeiro de 2014, no Teatro Frei Caneca, em São Paulo contou com autoridades dos dois países

Aberta oficialmente a exposição Túnel da Ciência Max Planck, que faz parte da programação da Temporada da Alemanha no Brasil. Autoridades alemãs e brasileiras participaram da solenidade realizada nesta manhã, no Teatro Frei Caneca, em São Paulo. Estiveram presentes Friedrich Däuble, cônsul geral da República Federal da Alemanha; Stefan Zoller, presidente do BDI Brazil Board; Stefan Marcinowski, vice-presidente da Sociedade Max Planck; Marco Antônio Raupp; ministro da Ciência e Tecnologia e Inovação do Brasil; ao lado de representantes da área da ciência brasileira.

O cônsul geral da República Federal da Alemanha em São Paulo, Friedrich Däuble, reforçou a importância da realização da mostra dentro do Ano da Alemanha no Brasil. “O Túnel da Ciência é uma amostra do potencial da Alemanha na área de pesquisa cientifica, e é por esse motivo que a exposição Túnel da Ciência possui um papel de destaque dentro da Temporada da Alemanha no Brasil”.

“A busca pelo conhecimento não conhece as fronteiras entre os países e é por isso que Temporada da Alemanha no Brasil, cujo lema é “quando as ideias se encontram”, marca da colaboração entre os dois países, busca por meio do Túnel da Ciência promover justamente esse encontro de ideias além das fronteiras”, fala Stefan Marcinowski, vice-presidente Sociedade Max Planck.

Stefan Zoller, presidente do BDI Brazil Board, falou sobre a aproximação entre Brasil e Alemanha na área industrial e como a ciência foi fundamental para o avanço das inovações aplicadas ao cotidiano das empresas a serviço da sociedade. “A sociedade Max Planck, por meio do Túnel da Ciência, nos deu um bom exemplo de como a relação entre os dois países pode crescer ainda. São novas parcerias, inovação entre empresas, entidades de pesquisas compartilhando projetos, e pessoas trabalhando juntas por um mesmo objetivo.”

Marco Antônio Raupp, Ministro de Ciências, Tecnologia e Inovação, reforçou que a exposição é um dos pontos altos da Temporada da Alemanha no Brasil. “A ciência no Brasil é uma atividade relativamente recente, pouco difundida. E a exposição Túnel da Ciência é uma grande oportunidade para ajudar a popularizar a ciência no país.”

Inédita no Brasil, a exposição, realizada pela Sociedade Max Planck, abordará em oito módulos - Universo– dos quarks ao cosmo; Matéria – design do mundo microscópico; Vida – dos elementos aos sistemas;Complexidade – dos dados à compreensão; Cérebro – fábrica de maravilhas na cabeça; Saúde – pesquisa para a medicina do futuro; Energia – vida no Antropoceno; e Sociedade – o mundo em mobilidade - os grandes temas da pesquisa básica desde o seu ponto de partida, mostrando as possibilidades e oportunidades científicas e tecnológicas para as inovações mais transformadoras do futuro.

Trata-se da única exposição mundial com foco nas grandes descobertas da ciência fundamental de ponta, também chamada no termo em inglês Blue Sky Science. Em formato multimídia, o Túnel da Ciência Max Planck vai oferecer ao público uma experiência de interatividade sem igual.

Criado em 2000, o Túnel da Ciência já visitou 20 países nos cinco continentes e recebeu mais de nove milhões de pessoas em suas três versões. A versão 3.0, que será apresentada no Brasil, é a mais recente – lançada na Rússia em 2013.

 

10 Curiosidades do “Túnel da Ciência Max Planck” que você não verá em outra exposição sobre o tema

A mostra globalTúnel da Ciência Max Planck, que faz parte da programação da Temporada da Alemanha no Brasil, abriu hoje ao público e ficará em exposição até 21 de fevereiro no Centro de Convenções do Shopping Frei Caneca, em São PauloInédita no Brasil, a mostra, realizada pela Sociedade Max Planck, abordará os grandes temas da pesquisa básica desde o seu ponto de partida, mostrando as possibilidades e oportunidades científicas e tecnológicas para as inovações mais transformadoras do futuro. 

Com entrada gratuita e direcionada ao público acima de 12 anos, trata-se da única exposição mundial com foco nas grandes descobertas da ciência fundamental de ponta (chamada Ciência Livre - termo em inglês Blue Sky Science - guiada pela curiosidade científica e sem compromisso imediato com a sua aplicação). São imagens, gráficos, exposições, fotografias, vídeos de entrevistas e animações distribuídos em oito módulos: Universo – dos quarks ao cosmo; Matéria – design do mundo microscópico; Vida – dos elementos aos sistemas; Complexidade – dos dados à compreensão; Cérebro – fábrica de maravilhas na cabeça; Saúde – pesquisa para a medicina do futuro; Energia – vida no Antropoceno; e Sociedade – o mundo em mobilidade.

Um guia digital da mostra conduz o visitante ao mundo das pesquisas da Sociedade Max Planck – uma das mais importantes sociedades de pesquisa do mundo, com mais de 5.300 cientistas, 17 prêmios Nobel e orçamento de 1,5 bilhão de euros em 2012. Em cada módulo, além da apresentação do conteúdo por meio de painéis e vídeos, serão apresentados objetos que compõem partes importantes de equipamentos científicos utilizados em pesquisas diversas e aplicações avançadas.

 Confira 10 curiosidades que o visitante só encontra nesta exposição:

 1 – Ipod e QR Code: Antes de acessar a exposição, cada visitante receberá um aparelho Ipod com o aplicativo QR Code instalado para ajudá-lo a interagir com todo o conteúdo apresentado. 

2 – Réplica do veículo de exploração espacial rover Curiosity: O veículo foi enviado pela Nasa ao Planeta Vermelho em 2012. O original tem 3 metros e está há mais de um ano no planeta. Este é o maior e mais complexo robô já enviado a Marte para coletar evidências de condições de presença de vida. Foi desenvolvido com tecnologia da Siemens PLM, em parceria com engenheiros e cientistas da Nasa, que permitiu projetá-lo digitalmente e simular as atividades do rover. Durante o período de exploração, o Curiosity identificou a presença de um antigo leito de curso de água e amostras de solo que demonstram aos pesquisadores a possível existência de vida em Marte no passado. Esta é a primeira vez que uma réplica do robô chega ao Brasil. 

3 - Magic Mirror (Espelho Mágico): Por meio da tecnologia conhecida como augmented reality, ou realidade aumentada, o efeito do espelho mágico é semelhante ao de um raio-x e cria a ilusão de que é possível visualizar o próprio corpo internamente, aliando imagens reais e virtuais. Criado em parceria com a Universidade Técnica de Munique (TUM), na Alemanha, o Magic Mirror estará à disposição dos visitantes na área destinada às inovações voltadas à Saúde.

4 – Sonda espacial Europeia Rosetta: a sonda alcançará o cometa Churyumov-Gerasimenko em Maio de 2014, após uma viagem de dez anos. Quando chegar ao seu destino, começará a orbitar este corpo celeste. Uma pequena sonda aterrissará no cometa e dará início a uma investigação minuciosa.

 5 – Poeira Supercondutora: A baixas temperaturas, muitos materiais conduzem eletricidade sem resistência. Além disso, eles também estão num campo magnético. Os cientistas medem a disposição dos átomos nestes supercondutores com ajuda de raios X e radiação de nêutrons.

6 – Reconstrução de um osso Neanderthal: Usando tomografia computadorizada e modernas técnicas de imagiologia, os pesquisadores medem ossos fossilizados, como o osso frontal de um homem de Neandertal que está exposto na mostra. As estruturas anatômicas e as partes do crânio em falta podem ser acrescentadas virtualmente.

7 – Pequenos transmissores de rádio para borboletas: Graças aos minitransmissores é possível acompanhar as viagens dos insetos, como a borboleta monarca, por exemplo, na sua longa viagem através da América do Norte. A comparação com os movimentos de outros animais ajuda a tirar uma conclusão sobre as regularidades, ajudando a prever os comportamentos migratórios. 

8 – Esqueletos das esponjas-de-vidro: As esponjas-de-vidro podem viver até 11.000 anos. À semelhança dos anéis anuais em uma árvore, o esqueleto desse animal revela as variações na temperatura da água durante a sua vida. Estes dados podem ser usados no cálculo de modelos sobre as alterações climáticas atuais e históricas. 

9 – Jogo da Internet ajuda a evitar pandemias: Centenas de milhares de internautas seguem a circulação de determinadas notas bancárias em todo o mundo, por meio de websites especiais. Um jogo que também ajuda os epidemiologistas: as rotas de migração das notas bancárias ajudam estes especialistas a prever a expansão das

pandemias globais. 

10 – Cartas para o futuro: Ao final da visita, os visitantes terão a oportunidade de propor suas próprias perguntas ao futuro e enviá-las por meio do Túnel da Ciência em uma viagem pelo mundo, interagindo, posteriormente, com todas as outras sedes do evento. 

Saiba mais >>>

Produção Brasil Alemanha

The Schneider´s



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade