Colunistas

17/08/2016

As “olarias” pomeranas e a construção das casas - por Ivan Seibel*

Até boa parte da primeira metade do século XX não havia olarias nas principais regiões de colonização pomerana e mesmo se as houvesse não se dispunha de meios de transporte até as casas dos colonos.

A única saída era a preparação desta matéria prima antes do início das construções. Foi desta forma que a partir de 1950, em muitas regiões, um ou outro agricultor passou preparar o seu próprio “tijolo”. O “barro” para a sua confecção precisava ser adequado para dar a correta consistência ao produto final.

Este era “amassado” em um caixa de madeira ou mesmo em uma abertura no solo e, na medida que se adicionava terra, despejava-se água para a adequada mistura e consistência dos dois elementos. Esta “massa” era “atirada” dentro de uma forma de quatro ou cinco espaços previamente salpicada de areia para evitar a sua aderência nas paredes.

Feito o “reguamento” da superfície da fôrma seu conteúdo era “despejada” no solo igualmente revestido de uma fina camada de areia.  A cada uma destas manobras obtinham-se quatro ou cinco tijolos crus. Uma vez secos, estes eram empilhados como “forno” de maneira a permitir o seu cozimento ou queima. Foi desta forma que, naqueles anos, muitos começaram a construir suas casas com tijolos de barro de fabricação caseira.


*Ivan Seibel, natural do Espírito Santo, é médico em Venâncio Aires, RS, escritor (“Imigrantes a duras penas”, entre outros), comentarista do programa radiofônico semanal AHAI – A Hora Alemã Intercomunitária > bl 03, colunista www.brasilalemanha.com.br e editor de Folha Pomerana Express >



Comentários

Participe! Aqui sua opinião vale muito.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia