Colunistas

23/09/2013

42 Mil bicicletas e 38 mil carros compõem o cenário de mobilidade urbana de Sapiranga, RS

Com uma população de 75 mil, tem-se uma bicicleta para cada 1,8 habitantes. Cidades vizinhas, de forte presença cultural alemã, e inclusive Porto Alegre, "a cidade dos alemães" durante um século, até 1942, avançam na implementação de ciclovias

Sapiranga – uma cidade sobre duas rodas


São 42.000l bicicletas contra 38.600 carros nas ruas.

Com uma população de 75.000 habitantes, tem-se uma bicicleta para cada 1,8 morador da cidade.

Município tem 18 km de ciclovias e ciclo faixas.

A promessa é de que mais trechos sejam criados. “Entre 2014 e 2015 pelo menos mais6 km serão incluídos neste total” explica o secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Delso Ivan Civa.

 

Pioneirismo de Campo Bom

 

Pioneira na implantação de via exclusiva para as bicicletas, CAMPO BOM foi a primeira cidade Latino-americana a ter uma ciclovia, em 1977. Hoje possui cerca de 21 km de extensão, dos quais 7,2 km compreendem um anel que circunda o Centro da cidade.

 

Ciclovia sob o trem
 

A exemplo de outros municípios gaúchos, Novo Hamburgo também receberá uma ciclovia. A obra está em andamento e deverá estar concluída até a metade de outubro. Com extensão de 4,5 km , ela irá da Estação Novo Hamburgo, no Centro, até a Estação Santo Afonso. O trajeto é o mesmo da extensão do Trensurb, passando sob a estruturados trilhos do trem. A iniciativa pode até mesmo se estender para outrosmunicípios por onde otrem passa, conforme comentou o presidente da Trensurb, Humberto Kasper.

 

Exemplos sustentáveis

 

Em Porto Alegre, quem desejasse deslocar com rapidez ou mesmo dar uma volta para apreciara as belezas pode contar com bicicletas de aluguel. O BikePOA, uma parceria entre prefeitura, banco Itaú e o Sistema de bicicletas SAMBA, oferece 350 bikes em 35 pontos estratégicos. Em Novo Hamburgo também existe o sistema de aluguel de bicicletas.

 

São Leopoldo também quer

 

Estudo realizado pelo Instituto São Leopoldo 2024 indica ampla possibilidade de adaptação de trânsito a uma “Cruz de Lorena” , unindo, no sentido vertical Unisinos (Sul) a Scharlau (Norte) e seus braços perpendiculares (a Norte e Sul do Rio dos Sinos respectivamente).

Sapiranga também se mobiliza para receber uma extensão da linha de trens metropolitanos Trensurb, que liga Porto Alegre a São Leopoldo e que está chegando agora também a Novo Hamburgo, recuperando o "trem da história" que começou a circular pioneiramente no Estado já em 1876 e que em breve acabaria chegando à Serra Gaúcha. Em Caxias do Sul, o centenário da chegada dos primeiros trens foi comemorado na Estação Centenário, transformada em museu....
 

Bike – Objeto da cobiça dos ladrões
 

Dicas para não ficar a pé
 

1.       Ao comprar a bicicleta é importante saber a origem dela, principalmente se for usada. É necessário a nota fiscal ou recibo do vendedor com           as características do equipamento.

2.       Uma peça com preço abaixo de mercado é sempre suspeita. Evite incomodar-se com ofertas muito tentadoras.    

3.       A carência de bicicletários faz com que os usuários recorram a postes e grades para prender a bicicleta. A tranca do tipo U-LOCK , por ser             de aço, é a mais recomendada.

4.       Procure deixar a bicicleta em lugares de grande movimentação de pessoas.

5.       É recomendável “personalizar” a bicicleta para facilitar a identificação, caso ela seja furtada.

6.       Não deixar acessórios de valor (como faróis) a vista. É recomendável retirá-los temporariamente da bicicleta.


Fonte: Airton Correa Schuch
Contato: acesso@sinos.net

 

 



Comentários

deslogado
alvina ash 26/04/2018, às 06:37

Buy trend garments out of Shark Speed because of women. Each object has a ripe twist together with a focal point regarding female strength, self-confidence then style. mc kläder

deslogado
jEZuRSpAZvXX 28/01/2014, às 16:28

hola como estan me gustaria saber donde hay un cictiuro de descenso tengo la bici pero no tengo idea donde hay uno me gustaria saber si me pueden mandar un msj a mi face bueno gracias http://nhsdkixeb.com [url=http://cdyepmiqe.com]cdyepmiqe[/url] [link=http://sfukqljrevz.com]sfukqljrevz[/link]

deslogado
B3M3FUayBonq 10/01/2014, às 18:42

diz:Jorge, sem dfavida que eles team melhores condie7f5es mas por ce1 tambe9m ne3o e9 assim te3o mau! que raio, eu passo o ano todo a andar de betccliia fae7a chuva ou fae7a sol!

deslogado
t1xMtZszs 09/01/2014, às 14:56

diz:Naquelas condie7oes eu tambe9m andaria. Ne3o vi burocas, pedras soltas, trabalhos, desvios, poe7as de e1guas,covas altos e baixos, ciclovias curtadas, viaturas nos passeios, viaturas a ocupar o espae7o de ciclovias, o carrinho das castanhas a ocupar a ciclovias, ate9 a chuva e9 miudinha e da boa.

deslogado
Cacique Arariboia 24/09/2013, às 11:08

Resido aqui na Alemanha ha 24 anos e andar de bicicleta não é pra mim só um lazer como também o meu principal meio de transporte, ja que decidimo há anos ter somente um carro devido aos custos ativos e passivos. Mas ser só ciclista devido aos custos é um motivo muito primario. Para distancias de até 10km, a bicicleta muito mais flexivel no transito em relação a um carro e não precisa de um estacionamento longe do local pra onde se precisa ir. Além disso o bom pra saúde já que o corpo se acostuma às mudanças do tempo. Em contra partida, o risco de sofrer um acidente, principalmente no Brasil é grande, pois a falta de respeito ao ser humano (não enclausurado numa lata sobre 4 rodas) é muito grande sem falar na falta de respeito às leis de transito. Mas fico feliz em saber que no Brasil existe uma cidade com tantas bicicletas. Assim que for possivel irei visita-la e se der certo, de bicicleta.


  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2020 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade