Colunistas

05/06/2014

matéria de: Ivan Seibel

Seibel AHAI 1032 ahai Pommerisch

Alô  ouvintes.

Na Europa os pomeranos viviam em baixadas e aqui tiveram que escalar montanhas e desviar-se de precipícios para procurarem por terras que pudessem ser cultivadas. Substituíram a pesca nos lagos e nos rios pela caça aos animais nas selvas e nas encostas. Apenas aqueles que conseguiram dominar os recursos naturais da Terra Nova venceram os desafios da adaptação às novas culturas e alcançaram um nível de vida um pouco melhor ao que outrora estavam acostumados.

De certa forma este novo colonizador fez parte de um povo ameaçado de extinção. O seu crescimento populacional sempre foi muito contido em função das próprias guerras pelas quais os habitantes da Pomerânea passaram ao longo de praticamente oitocentos anos. Alguém ameaçado de extinção parece reagir de muitas formas. De um lado temos a própria fuga do seu país de origem, como foi o caso dos pomeranos. Por outro lado, talvez de forma inconsciente procurassem garantir a continuidade da sua espécie através da geração de proles numerosas. Se de um lado os filhos se constituíram na garantia de continuidade da própria família, do trabalho, dos costumes e da cultura deste povo, também passou a ser uma importante força de trabalho no início deste processo de desbravamento da nova Colônia. Apesar da significativa mortalidade infantil desta época, registrou-se um importante crescimento pela própria presença de famílias numerosas.

Seria isto por hoje. 

Seu  Ivan Seibel

Download do arquivo de áudio

  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia