Colunistas

30/07/2013

matéria de: Ivan Seibel

Ivan Seibel 991 AHAI - Text: De arenques e outros peixes consumidos pelos pomeranos

29 07 13    AHAI  991

Alô  ouvintes.

A população da Pomerânea tinha no arenque (Hering) um dos elementos básicos da sua alimentação diária. A pescaria no Mar Báltico, ao lado da atividade agrícola nos grandes latifúndios, constituía-se na principal atividade de subsistência. Também aqui nas novas colônias, o peixe continuou sendo muito consumido. Estes “Hering”, como eram chamados, podiam ser comprados nas vendas. Por outro lado, também nos rios havia muitos tipos de peixes. Além disto, apesar de serem caros muitos até compravam um pedaço de bacalhau. Mas as manjubas, que entre os colonos pomeranos eram conhecidos como sardinhas eram mais baratos e vinham em grandes caixas. Dai flüss bi ous hara seir faele fisch.  Dai früüscha Lühr deira uk imma fataela dat dai Heirings doch seir gaut schmaeke deira,  owa dai weira doch uk sei suldich. Dai weira jo so Lang, groor aas a piava. Nos dias de hoje ainda há quem aprecie estas iguarias salgadas e que são consumidos na forma como são comercializadas. O pessoal mais antigo  daqui também capturava os peixes com “Chiquês”, uma espécie de balaio de origem indígena confeccionado com ripas de taquara. No final do dia colocavam estas armadilhas nos córregos,  posicionados contra a corrente, de forma que os peixes capturados durante a noite podiam ser recolhidos na manhã seguinte.
Seria isto por hoje.
Seu  Ivan Seibel

  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade