Colunistas

13/08/2015

matéria de: Ivan Seibel

AHAI 1096 Das tropas de mulas aos caminhões.

Nos dias atuais poucas pessoas ainda lembram dos tempos em que praticamente todo o transporte das regiões interioranas era feito no lombo de burros. As chamadas “tropas de mulas”, muitas vezes constituídas de dez, vinte, trinta ou mais animais de carga conduzindo 120 kg por cada unidade levavam toneladas de cereais ou outras mercadorias de um lugarejo para outro nestes confins do interior brasileiro. A população pomerana assentada no Brasil, por se tratar quase que exclusivamente de agricultores, também terminou dependente deste meio de transporte para o seu comércio de mercadorias. Nas regiões remotas não havia estradas e isto fez com que um florescente comércio pudesse ser mantido por este gênero de transporte conduzido pelos tropeiros e alimentado pelas encomendas dos caixeiros viajantes.  Já com a abertura das estradas, o domínio deste tipo de comércio escapou das mãos de muitos desavisados comerciantes interioranos, para ser compartilhado com outras casas comerciais das cidades maiores, favorecido pela abertura de estradas de rodagem em função do surgimento dos primeiros caminhões de carga como também de redes ferroviárias e de eventuais portos fluviais próximos. Com isto as tropas de mulas que outrora haviam abastecido as sedes das colônias, agora, deslocados para os mais remotos vales, continuaram levando suas cargas, porém, de produtos para os pequenos comerciante dos mais remotos recantos do Brasil.

Seria isto por hoje. 

Seu Ivan Seibel

Download do arquivo de áudio

  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade