Colunistas

13/06/2014

matéria de: Ivan Seibel

81. Seibel 1033 ahai Pommerisch

         O POMERANO MIGRAVA EM GRUPOS

         Ainda nos dias de hoje se fala que as famílias pomeranas típicas não migravam sozinhas, elas geralmente viajam juntas. Assim, todas as grandes  famílias pomeranas migraram em grupos, seja de Santa Leopoldina para Santa Joana, como também de Santa Joana para Laranja da Terra. Além disto também merece ser citada uma outra característica que diz respeito à lei da herança implantada na Prússia na segunda metade do século XIX. Esta ajudou a alavancar o processo de evasão de milhares de indivíduos. Este direito à herança para todos os filhos também tinha sido oficializado no Brasil, tanto para a pequena como para a grande propriedade. Entretanto, aqui do Brasil, entre os pomeranos, a indivisibilidade da propriedade continuou sendo praticada. Na região de imigração da Província de Espírito Santo, mesmo que de maneira informal, manteve-se de forma sólida o padrão de família das três gerações com todas as suas implicações também na questão da herança. Em boa parte das famílias o costume persistiu de forma velada até praticamente toda a primeira metade do século vinte. Na verdade, os bons rendimentos obtidos com a produção de café permitiram a manutenção da propriedade do núcleo familiar, mesmo que muitas vezes, em novas áreas recém desbravadas, novas propriedades pudessem ser adquiridas para os outros filhos homens.

Seria isto por hoje. 

Seu  Ivan Seibel

Download do arquivo de áudio

  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
  • brasilalemanha
Logomarca oficial da imigração alemã no Brasil. Reprodução liberada e recomendada, para uso não comercial.
Para uso comercial e originais em alta resolução: contato@brasilalemanha.com.br.

© 2004-2019 BrasilAlemanha - O portal oficial da imigração alemã no Brasil - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Sapiência Tecnologia

Publicidade