- PetrĂ³polis, RJ -

                                                                                                               

Bem-vindo a Petrópolis! 

Willkommen in Petrópolis!

 Nossa GALERIA de HONRA é o saguão de entrada da cidade.
Receba as boas-vindas de prestigiosos representantes da comunidade local.
São nossos parceiros e incentivadores das Cidades 'Alemãs' do Brasil.
Veja quem são e o que fazem - clic neles!   

Gastronomia / Gastronomie

Parque Temático

 Livrarias e Editoras

Comércio / Handel

Indústria / Indústria

Hotelaria / Gastwirtschaft

Gastronomia / Gastronomie  

Rede bancária / Bankwesen 

Comércio / Handel 

Bandas Típicas / Musikkapellen

Instituições Culturais Alemãs / Deutsche Kultureinrichtungen

 Espaço reservado para os registros 

de apoiadores empresariais.

Seja também um de nossos anfitriões!

contato@brasilalemanha.com.br 
Tel. (51) 3392 7433  - (51) 9 9423 2157
 

Saiba tudo sobre a impressionante 
presença alemã em Chapada, 
documentada em 13 páginas do Google,
com aproximadamente 90.100 registros >
.


E aguarde belíssimas fotos e informações 
sobre temas específicos da cultura alemã. 

Contamos com a colaboração da Prefeitura Municipal 
e das entidades locais da cultura alemã.
 
Este é o minisite de Chapada em Cidades 'Alemãs' do Brasil, 
sob dinâmica e constante atualização!

 

                  Tudo e muito mais - Alemães emPetrópolis / Deutsches in Petropolis - Alles und noch viel mehr

 Petrópolis, RJ

Presença alemã em Petrópolis/RJ

Histórico
Informações Gerais
Língua
Centros Culturais
Associações dos Grupos Folclóricos Alemães de Petrópolis - AGFA
Corais
Pesquisador
Museus
Gastronomia
Programa de Rádio
Eventos

Histórico

 A fundação de Petrópolis ocorreu através de Decreto Imperial de 16 de março de 1843. Este decreto previa  um plano de povoamento da fazenda, elaborada por Paulo Barbosa, em consonância com o Major Júlio Frederico Koeler.

O contrato de arrendamento ao Major Koeler foi assinado no dia 26 de abril de 1843 e o prazo do arrendamento era de 9 anos. Este contrato previa entre outros, a construção do Palácio Imperial cuja escolha do local foi feita pelo próprio D. Pedro;  Demarcação dos prazos (lotes) de terras; Reservas de vertentes do Córrego Seco e do rio Piabanha para a construção do Palácio, da Igreja e do cemitério.

Em junho de 1844, o Presidente da Província do Rio de Janeiro Aureliano Coutinho, assinou contrato com a firma de Charles Del Rue, vice-Consul do Brasil na cidade de Dunquerque na França com o objetivo de contratar 600 casais de colonos alemães. Um erro na tradução e interpretação do contrato, fez com que fossem contratados 600 famílias ao invés de 600 casais, aumentando numero para mais de 2100 pessoas.

Em junho de 1844, o Presidente da Província do Rio de Janeiro Aureliano Coutinho, assinou contrato com a firma de Charles Del Rue, vice-Consul do Brasil na cidade de Dunquerque na França com o objetivo de contratar 600 casais de colonos alemães. Um erro na tradução e interpretação do contrato, fez com que fossem contratados 600 famílias ao invés de 600 casais, aumentando numero para mais de 2100 pessoas. Ao todo, chegaram ao Brasil, saindo de Dunquerque na França, 13 navios;  Em 13 de junho de 1845,  o primeiro  navio "Virginie",com161colonos.        

Em 20  de julho, o "Marie", com 169 colonos.   

Em 21 de julho, o "Leopold", com 225 colonos   

Em 24 de julho, o "Curieux", com 190 colonos  

Em 25 de julho, o "Agripina", com 210 colonos   

Em 26 de julho, o "Marie Louise", com 217 colonos   

Em 11 de agosto, o "Jeune Leon", com 170 colonos   

Em 26 de agosto, o "George", com 208 colonos   

Em 01 de setembro, o "Mary Queen of Scott", com 210 colonos   

Em 07 de setembro, o "Daniel", com 171 colonos   

Em 07 de Setembro o "Odim", com 182 colonos   

Em 16 de Outubro, o "Pampa", com 137 colonos   

Em 08 de novembro, o Fyen", com 68 colonos   

Índice alfabético dos 361 nomes das Famílias de colonos Germânicos que chegaram à Petrópolis a partir de junho de 1845: (*) Famílias com levantamento genealógico.

Adams*, Alfeld*, Andreas*, Arweiler*, Auler*, Bach, Balter, Barten*, Bauer, Bauermann, Baumgatner, Bechtlufft, Beck, Becker, Behrens, Benchel, Bender, Berlandi, Berr, Beuren, Biehl, Blaeser, Blaesius, Blankenberger, Blatt, Blatten, Blum, Boelling, Boller, Bonacker*, Borchtelmann, Borrê, Brahm*, Brand, Braun, Breuer, Brunner*, Buehler, Buhl, Bumb*, Burger, Capalo*, Castor*, Christ, Dahlen*, Debald*, Deister*, Delvo, Dengler, Deroche, Deubert, Diehl, Dietrich, Dietz, Doerscheid, Dohm, Dorr*, Dupont, Dupré, Ebeling*, Eberhardt, Ebertz, Echternacht, Eckardt, Eiffler*, Einsfeld, Elbert, Emmel, Engelmann, Eppeisheimer, Eppinghaus, Erbes*, Esch, Espenschied*, Essinger, Ev, Exel*, Faber, Faulhaber*, Fecher, Feldmann, Finkennauer, Firmes, Fischer, Flaeschen, Flesch, Fliess, Forster, Franz*, Friedrichs, Gabelmann, Gabrich, Gall, Gehren, Geoffroy, Georg, Gerhard, Gietz, Gimpel, Glassow*, Goehl, Goeller, Goettnauer*, Goetz, Gorges, Graeff, Gregorius, Groess, Grotz, Gudehus, Guenster, Guntermann*, Gutmann, Hamm, Hammes*, Hang, Hansen, Happe*, Harres*, Hart, Hartmann, Haubrich*, Hees*, Hehn, Heiderich*, Henemann*, Henrichs, Hilgert*, Hill, Hillen, Hinkel, Hinnerscheid*, Hippert*, Hoefner, Hoelz*, Hoenes*, Hoffmann, Huegel*, Hummel*, Husch, Indstein*, Jacobs, Jacoby, Jaeger, Jahn, Jantz, Jenz, Jochem, Joras, Jost*, Jung, Justen, Kaercher*, Kalkuhl*, Kallenbach, Kappaum, Kappler, Kapps, Karl, Kauert, Keck, Keuper, Kind*, Klaes*, Klaudi, Klein, Kling*, Klingel, Klippel, Kloh*, Knecht*, Kneipp, Kniebel*, Knuth, Kober*, Kochems, Koetzer, Kolling, Konflanz, Kopf, Kopp, Korndorfer*, Korth, Kraemer, Kramm, Kratz, Kraus, Krautkraemer*, Krebs, Kreis, Kreischer*, Krings, Kronemberger*, Kuhn, Kunz, Kurtenbach*, Kustermann, Lahr, Latsch, Laufersweiler*, Lauterbach, Licht, Licker*, Linden, Link*, Littig, Lochem*, Loepsch, Loos*, Lorang, Luebe*, Luetger, Lukas, Mahler, Mainartz, Maiworm*, Malmann, Martini, Marx, Mathis, Maul, Mayer, Mebus, Mees*, Merker, Mertens, Meures, Michel, Moehlig*, Molter, Monken, Morsch, Muenich, Muller, Munch, Mundstein*, Mussel, Neisius*, Neumann, Nichtern*, Nicodemus, Nicolai, Nienhaus*, Noel*, Ohlweiler, Orth, Petry, Pfeiffer, Philippi, Pitzer*, Plantz, Platten, Platz*, Plenz, Rablais*, Raeder, Reinsfeld*, Reiss, Reissinger, Reith, Reitz, Renzler, Retzmann, Reuther, Rheingantz, Richter, Rippel, Rockenbach, Rody, Rosenbach*, Roux*, Ruhl, Sattler*, Sauer, Saueressig, Schaefer, Schanuel, Scheid, Scherer*, Schimmels, Schimidt, Schimitt, Schimitz, Schneider, Schnoeneck, Scholl, Schorsch, Schroeder, Schuessler, Schumacher, Schunck, Schwabenland, Schwartz, Schweickardt, Seitz, Sieben, Silbernagel, Simon, Sindorf, Sisterhenn*, Sixel*, Sommer, Sperle, Stadler, Starck*,

Petrópolis - Informações gerais

População estimada - 2004 -  302.477 habitantes
Coordenadas:
Altitude: 809,5m acima do nível do mar
Latitude: 22º 30' 18"
Longitude: 43º 10' 43"

As principais distâncias rodoviárias:
Rio de Janeiro - 65 Km
Belo Horizonte - 380 Km
São Paulo - 460 Km
Brasília - 1.080 Km
Salvador - 1.660 Km
Vitória - 460 Km
Aeroporto Internacional Tom Jobim - 53 Km  

Língua

Português predominante.  Infelizmente a língua alemã só é falada por pessoas que vieram da Alemanha após a guerra ou por aqueles que vieram do sul do Brasil. São poucos os descendentes que ainda falam alemão. Alguns mais idosos, ainda falam o dialeto do Hunsrück.

Petrópolis  foi colonizada maciçamente por alemães mas recebeu também muitos imigrantes italianos e portugueses.   

Centros Culturais

Clube 29 de junho - Fundado em 29 de junho de 1959
Presidente: Emygdia Hoelz M. Lyrio
Rua General Osório  n° 67/702   Cep: 25620-160                                                                                                                                   Telefone   (24) 2235-8093
E-mail:  c29dejunho@gmail.com

Instituto de Preservação Ambiental e Cultural Bingen - Fundado em  23 de setembro de 1998
Presidente : Ronaldo de Oliveira                                                                                                                                                  
Rua Paulo Hervê nº 142-A – Bairro Bingen                                                                                                                                             Telefones   (24)  2235-4927 / 2235-7515
Endereço eletrônico:  institutobingen@hotmail.com

Associação dos grupos Folclóricos Alemães de Petrópolis – AGFA - Fundado em 25 de agosto de 1990
Grupos Filiados, por ordem de fundação:
Grupo Folclórico  Germânio Bergstadt            
Presidente: Paulo Wayand
Rua Dr. Thouzet 600, Bl 93, apto 102-S
Telefone: (24) 2247-1174
Endereço eletrônico: paulowayand@hotmail.com

Bauerngruppe Danças Folclóricas Alemãs de Petrópolis - Fundação: 01 de abril de 1991  
Presidente: Gabriel Guedes   
Rua Henrique Perdigão nº  205-F – Cep: 25665-091            
Telefone  (24) 98864-6154 com Paula                                                                                                                                                    
E-mail: http://bauerngruppe.wix.com/início  e www.facebook.com/Bauerngruppe         

Mosel Volkstänze de Petrópolis - Fundação 14 de novembro de 1991                                                                                                  Presidente: Leonardo Nicolay de Almeida 
Rua Fonseca Ramos 397 – Cep 25610-170 
Telefone: (24) 98146-7006    
Endereço eletrônico:  nicolayleo@hotmail.com

Grupo de danças folclóricas Rheinland Pfalz - Fundação: 22 de outubro de 1994                                                                                           Presidente: Felipe Carvalho Tavares
Rua Cristovâo Colombo 174 B
Telefones: (24)2245-6584 e 99941-4036
E-mails: contato@rheinland.com.br  www.rheinland.com.br e www.dancafolclorica.com.br

Petrópolis Danças Folclóricas - Fundado em 24 de fevereiro de 1996                                                                                                 Presidente: Romeu Raeder da Rocha
Endereço: Estrada da Fazenda Ingleza, 431-A
Telefones: (24) 2237-5712 e 2243-6191 
E-mail: www.petropolisdanças.com.br

Kaiserstadt Kulturkreis - Fundado em 01 de fevereiro de 1997 
Presidente: Ana Maria P. Grotz 
Endereço: Rua Stefania Maria Goettnauer 90-A Cep: 25640-110 
Telefone (24) 2244-8027 
E-mail: kaiserkult@gmail.com https://www.facebook.com/pages/Grupo-de-Danças-Kaiserstadt-Kulturkreis

Koblenz Volkstanzgruppe - Fundado em 23 de agosto de 1998
Presidente Karin Pujol Bell 
Endereço: Rua Professor Stroeller, 994 – Cep 25680-502                                                                                                           
Telefones: (24) 2231-1878 e 992573537
E-mail: kabellpujol@gmail.com

Germanischer Tanz und Trachtenverein Blumenberg - Fundado em 06 de janeiro de 2001
Presidente: Fábio Holderbaum
Endereço: Rua Pedras Brancas 1111 B
Telefones: (24) 2235-4110 98846-4110 e 98131-6367 
E-mail: blumenbergvolkstanz@gmail.com

Corais

Apesar de não possuir um coral só de músicas alemãs, Petrópolis mantém a tradição do canto coral, sendo conhecida como a cidade berço de corais, contando com mais de 60. Aqui citamos apenas alguns deles com um breve histórico.

O Coral dos Canarinhos de Petrópolis foi  criado em 1942 por Frei Letto.  No currículo, estão listadas apresentações memoráveis. Por três vezes, os meninos cantaram para o Papa João Paulo II (nos anos 1980, em 1997 e em 2000
Mas o trabalho dos Canarinhos ultrapassa as fronteiras do Brasil. A primeira viagem internacional aconteceu em 1974, quando eles percorreram durante dois meses e meio a Itália e a Alemanha. Em 1979 e 1982, o coral esteve na Venezuela. O retorno à Alemanha aconteceu em 1991, com apenas seis cantores. Em 1993, a viagem aos Estados Unidos durou duas semanas e a penúltima turnê aconteceu em 2000 pela Europa. O Coral possui 12 Cds gravados e está sob a regência do Maestro Marco Aurélio Lischt.                                                                          
O Coral das Meninas dos Canarinhosde Petrópolis foi fundado em 1988 por Frei José Luiz Prim e é mantido pelo Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis. Atualmente, 48 meninas compõem o coro que tem em seu repertório música sacra, folclórica e popular. Durante as quase três décadas de existência, apenas três maestros estiveram à frente do coral: a professora Silvia Muniz, o maestro Gilberto Bittencourt e, desde 1998, o maestro Marcelo Vizani. 

Contato: Telefones: 55 (24) 2104-4100 e 55 (24) 2104-4141
Endereço: Rua Santos Dumont - 355 | Petrópolis – RJ

O Coral das meninas cantoras de Petrópolis foi criado em 1976.  Sendo o 1o. grupo criado no País formado exclusivamente por "Meninas", tem se dedicado nos últimos anos aos grandes shows populares, muitos realizados em grandes espaços ao ar livre para milhares de espectadores mas sem perder jamais a tradição nas oportunidades em que são convidadas para atuar sob a regência de renomados maestros ao lado de importantes orquestras, quando interpretam páginas dos grandes mestres, seja a música sacra, oratórios, coros de óperas, etc,sob a regência do maestro Marco Aurélio Xavier.

Contato: Rua Raul de Leoni, 91 Centro Telefone: (24) 2510-330. Telefone: (24) 2104-4141 fax 2243-0191

Pesquisador da história da comunidade local e de genealogia em Petrópolis

Paulo Roberto Martins de Oliveira
Telefone de Contato: (24) 2231-1838
E-mail: prmoliveira@globo.com

Museus

Museu Casa do Colono
Rua Cristovão Colombo nº 1034 – Castelânea
Tel: (24) 2247-3715  
Visitação: terça a domingo, de 8h30 às 16h.Entrada Franca.

Construída pelo foreiro de origem germânica, ex-militar do Exército Imperial Brasileiro, Johan Gottlieb Kaiser, em 1847. Possui as características de habitação da antiga Simern (cidade da Alemanha que inspirou a denominação do bairro da Siméria em Petrópolis) e de aldeias às margens do Rio Mosel na Alemanha. Casa com paredes de pau-a-pique e teto de zinco, retratando assim o modo simples de vida dos primeiros colonos. Acervo com utensílios de uso doméstico e de trabalho, fotografias, quadros e objetos de uso pessoal.

Gastronomia 
 
A Casa do Alemão  com sua matriz no Alto Quitandinha e  filiais no centro de Petrópolis e Itaipava, Duque de Caxias, Leblon, Itaboraí, Barra da Tijuca e Rod. Presidente Dutra  começou sua história em 1945, com a abertura de uma fábrica especializada em biscoitos amanteigados. Em pouco tempo seus produtos já se tornaram famosos na região serrana do Rio de Janeiro. Posteriormente, com a entrada do casal europeu Kern, que introduziu os produtos de salsicharia e de confeitaria, a empresa cresceu e se transformou definitivamente na Casa do Alemão. 
Endereço da Matriz:  
Av. Ayrton Senna, 927 –  Quitandinha - Petrópolis/RJ.
CEP: 25650340  / Telefone:  (24) 2291-4291 

Programa de rádio

O programa: "A Alemanha e a música” é o único programa de rádio voltado à cultura alemã em Petrópolis, Idealizado e apresentado por Elisabeth Graebner, uma catarinense de Blumenau que na bagagem do sul para cá, trouxe a saudade das velhas canções alemãs e não se conformou ao constatar que Petrópolis, uma cidade colonizada por alemães não tinha um único programa voltado ao resgate dessa cultura. Assim o programa estreou em 29 de novembro de 1994 e vai ao ar todos os domingos de 11 às 13h e pode ser ouvido em tempo real pelo site da rádio: www.radioimperialam.com.br  ou baixar os programas gravados no site do programa; www.alemanhaeamusica.com.br .

Eventos

O maior evento cultural da colônia alemã em Petrópolis é a Bauernfest que em 2014 comemorou sua 25ª edição. Baseado na data da colonização alemã em Petrópolis que é comemorado no dia 29 de junho, a festa acontece sempre no ultimo final de semana de junho e se estende até o primeiro domingo de julho. São em média 10 dias de festa em local montado para este fim no Quarteirão Nassau que abrange a Cervejaria Bohêmia e o Palácio de Cristal, um presente do Conde D’Eu à sua esposa a Princesa Isabel. O evento conta com bailes diários animados por bandas típicas, ergue um palco para apresentações folclóricas dos 8 grupos locais e convidados, cerca de 25 barracas em estilo germânico servem um amplo cardápio da culinária alemã, regado ao chopp e cervejas da “Bohêmia”. Nos dois domingos da festa acontece o tradicional desfile que percorre as principais ruas do centro histórico de Petrópolis, em direção ao local da festa. Nos 10 dias de festa, são registrados em média 250.000,00 frequentadores.

Petrópolis na mídia:


Petrópolis, RJ - Palácio Quitandinha

*****

Administraão Municipal de Petrópolis, RJ

Prefeitura Municipal de Petrópolis  
Av. Koeler 260 – Centro – Petrópolis/RJ

Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis
Praça Visconde de Mauá n 3
Telefone (24) 2233-1200 / Disk Turismo: 0800-0241516